Looking For Anything Specific?

ULTIMAS POSTAGENS

Mostrando postagens com marcador COISAS QUE AMAMOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador COISAS QUE AMAMOS. Mostrar todas as postagens

HEAVY RAIN: A EXPERIÊNCIA DE UM FILME NAS MÃOS

Olá Pockets!!

Já imaginaram assistir um filme excelente, que tiveram vontade de ser um dos personagens e poder viver e alterar os acontecimentos e até o final dele? Pois essa possibilidade a empresa Quantic Dream trouxe com o excelente Heavy Rain trazendo uma experiência única em um jogo de videogame.


AKAME GA KILL! - ANIME

Imagem do Google
Oi Pockets!!!
A dica hoje é de um anime incrível para quem já gosta, e também para quem esta iniciando neste universo. 
O arco é fechado e portanto não tem aquela responsabilidade de você continuar seguindo eternamente, kkkkk. Vem comigo que eu vou te contar tudo que você precisa saber sem spoiler sobre este anime.

LEITURA COLETIVA - PESQUISA

Olá Pockets!

A Jéssica de Sá é uma parceira nossa, que conhecemos através do trabalho dela, da pesquisa para o mestrado sobre incentivo a leitura. Jéssica é bibliotecária, e embarcou no nosso grupo de leitura, e mais uma vez, fez uma pesquisa interessante sobre porque os leitores entram no grupo de Leitura, que tem debates por whatsapp. 

Veja abaixo a apresentação dos dados de uma pesquisa que a Jessica realizou sobre o grupo de leitura coletiva Sociedade Literária CP!


LUZES NO CÉU: FIREWORKS - ANIME

Fonte: Google imagens
Olá Pockets!
Faz tempo que não trago uma dica de anime né? Mas estava parada esses tempos, mas nessa quarentena eu decidi assistir uns, e hoje trago um bem levinho e fofo, para vocês. Luzes no Céu, é aquele anime adolescente, mas que trás algumas reflexões interessantes, e SE....pudêssemos mudar o passado?

SANDMAN: 30 anos de uma obra prima das Hqs


Olá pockets tudo bem???

Hoje falaremos da obra que é considerada uma das mais importantes do universo das Hqs, essa que este ser que vos escreve ficou fascinado já nas primeiras páginas...sim...falaremos de Sandman!!! A obra prima de Neil Gaiman que este ano comemora 30 anos de lançamento, apareceu nas bancas em janeiro de 1989 e levou uma narrativa deslumbrante que iremos sonhar adiante.

"Vou revelar-te o que é o medo num punhado de pó"

BINGO LITERÁRIO - CULTURA POCKET


Olá Pockets!
Para esquentarmos os tambores  e começar um ano cheio de leituras divertidas, que tal uma competiçãozinha saudável?
Estamos no início do ano ainda e que tal aproveitar o feriadão de Carnaval para dar o start?
Está aberta a temporada do Bingo Literário 2020!!!
Divertido, não?
É bem fácil, leia um livro correspondente a cada item abaixo, e quem fechar a “cartela” primeiro, ganha!
Não se importe com a ordem, o que importa é ler e se divertir.

PROJETOS CULTURA POCKET 2020


Oi pockets!!
Ano novo Chegou!!!!!
E agora começa aquele momento em que a gente faz lista, planos, projetos. E por aqui não é diferente!
Estamos com muitas ideias para colocar em pratica ao longo de 2020, e claro dar continuidade a  projetos que deram certo e que amamos desde de o inicio do blog. Hoje eu vim passar por aqui para te falar um pouco de cada um deles e claro te convidar a participar junto com a gente!
Então vamos a lista que tem muita coisa legal.

#SociedadeLiteráriaCP 
Este que talvez tenha sido nosso primeiro projeto. 
Nossa primeira leitura coletiva se iniciou em 14 de abril de 2018 com o livro O sol também é uma estrela - Nicola Yoon. E de lá para cá não paramos mais, já foram mais 20 leituras coletivas sedo 18 delas no nosso grupo de WhatsApp "Sociedade Literaria". As leituras são escolhidas por meio de indicação e votação dos participantes do grupo, as metas de leitura são semanais e os debates rolam solto durante todo o final de semana. Durante a leitura sempre temos desafios, brincadeiras e prêmios mas o fundamental e que a amizade é grande neste grupo.
O tema escolhido pelos administradores para Janeiro foi fantasia o ganhador O labirinto do fauno, mas como tínhamos muito querendo ler o segundo colocado da votação (Treze - FML Pepper) vai ter um grupo extra para ler ele simultaneamente.



LITERATURA PELO MUNDO - MÉXICO


Oi Pockets!
Prontos para embarcar em mais uma viagem pelo mundo da literatura? O país que vamos conhecer hoje é o México. País conhecido por suas novelas com os melhores/maiores dramas que já foram reprisadas várias vezes nas telas do SBT, país do nosso querido Chavez e sua turma.
México também é um país de belíssimos pontos turísticos como a Ciudad Universitaria, Iglesia de Santo Domingo, Chichen Itza, Pirâmide de Kukulkán, Cancun, Tulum, Puerto Vallarta, Playa del Carmem...
O país é repleto de templos, praias e zonas arqueológicas de cair o queixo. Mas hoje nós vamos falar um pouco da literatura mexicana que não é tão conhecida quanto merece.
Quero apresentar algumas obras e seus autores.

KLAUS - FILME


Oi pockets!!

Hoje já é quase Natal e eu não ia perder a oportunidade de indicar, se você ainda não viu, este filme fofinho de natal.
Vamos primeiro a ficha técnica deste filme.

Titulo: Klaus
Diretor: Sergio Pablos
Distribuído por: Netflix
Data de laçamento: 15 de Novembro
Duração: 96 minutos

Jasper é o tipico garoto mimado que vem de de família rica do setor postal. Apesar disso ele se sai muito mal na academia postal. Muito egoísta e sem objetivo leva a vida apenas usufruindo dos benefícios de ser rico até o dia em que seu pai. com o objetivo de lhe ensinar uma lição sobre o valor do trabalho duro, o envia para um cidadezinha congelada acima do polo ártico com o objetivo de postar 6000 cartas em um ano, caso contrario seria deserdado e perderia todas as regalias. Ao chegar a cidade ele percebe que sua situação é ainda pior do que ele havia imaginado, a cidade é dividida em uma batalha entre duas famílias que persiste a anos. Com toda esta animosidade os moradores não estão interessados em enviar cartas.
A situação e tão tensa entre as famílias que a professora da cidade, Alva, sem ter alunos acaba por transformar a escola em uma peixaria assustadora. 
Depois de varias tentativas frustadas, e engraçadas, ele acaba indo parar a porta de um lenhador que vive afastado da cidade e descobre um estoque maravilhosos de brinquedos de madeira, e é neste ponto em que a historia das cartas a serem enviadas a Papai Noel em troca de presentes começa a surgir.


KOI WA AMEAGARI NO YOU NI (DEPOIS DA CHUVA) - AYUMO WATANABE

“E então, a andorinha que desistiu mesmo de voar poderia até se esquecer de olhar para o céu.”
Fonte: Google imagens, 2019.

Olá Pockets!!!

Hoje venho apresentar um anime que gostei bastante, descobri ele apenas esse mês e num acaso por ter assinado a Amazon Prime. Amo animes, principalmente o que tem um enredo envolvente e com personagens que estão em busca do amadurecimento pessoal.

No amine "Koi wa Ameagari no You ni", que foi trazido como Depois da Chuva, traz dois personagens com diferença de idades, mas que mostra que sempre continuamos lutando nossas batalhas.
O Anime é uma adaptação do mangá com o mesmo nome do original, que tem 10 volumes,  do autor Jun Mazayuki que publicou desde 2014. Então se você gosta dos dois, corra para saber mais. 

LITERATURA PELO MUNDO - INGLATERRA


Oi pockets!!!
Hoje vou falar de um lugar que amo, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente somente através de livros e filmes. A cidade de Londres, uma das grandes fontes de literatura do mundo.  Para os amantes de leitura o melhor lugar para se conhecer é a British Library entre outras que torna Londres um lugar mágico.
Fundada em 1973, a British Library (Biblioteca Britânica) é a biblioteca Nacional do Reino Unido e uma das maiores bibliotecas do mundo, contando com mais de 170 milhões de itens catalogados de diversos países diferentes. Ela recebe pelo menos uma cópia de simplesmente todos os livros produzidos no Reino Unido e na Irlanda. Ela abriga cerca de 14 milhões de livros, incluindo manuscritos e itens históricos com até 2 mil anos! Além de um enorme acervo impresso em diversos idiomas, a British Library possui um impressionante acervo digital, que inclui livros, manuscritos, revistas, jornais, gravações de som e música, vídeos, scripts, patentes, bases de dados, mapas, selos, impressões e desenhos.

Uma das maiores bibliotecas de Londres, pela pesquisa que fiz sobre a biblioteca meu local favorito é a sala de leitura parece ser um lugar incrível.

A BIBLIOTECA DO REI

Um dos destaques do centro do edifício que abriga a British Library é a King’s Library Tower (Torre da Biblioteca do Rei). Quando George III se tornou rei em 1760, ele herdou uma biblioteca incrível de seu pai, George II. O rei começou a montar uma nova coleção de obras ainda maior, com diversos manuscritos e raridades, que atingiu cerca de 65 mil livros. Quando ele morreu em 1820, George IV doou a biblioteca ao país e ordenou que a coleção ficasse separada de qualquer outro acervo, uma vez que ela é uma das coleções mais importantes de livros e panfletos da Era do Iluminismo. A coleção ficou alojada na “Galeria do Iluminismo” do British Museum entre 1827 e 1997. A partir da década de 1970, o acervo começou a transferido para a recém criada British Library. A coleção está agora alojada na King’s Library Tower, uma estrutura de vidro e bronze de seis andares no hall de entrada da British Library.


Escritores

Agatha Christie
Agatha Mary Clarissa Christie DBE ( Nascida Agatha Clarissa Miller; Torquay Devon Inglaterra, Reino Unido, 15 de Setembro de 1980 - Wallington, Oxfordsire, Reino Unido, 12 de aneiro de 1976, popularmente conhecida como Agatha Christie foi uma escritora britânica gênero romance policial, tendo ganho popularmente, em vida, a alcunha de "Rainha/Dama do Crime" ("Queen/Lady of crime", no original em inglês). Durante sua carreira publicou mais de oitenta liros alguns sob o pseudônimo de Mary Westmacott. A rainha do crime se consagrou ao criar o detetive Hercule Poirot que desvenda crimes e historias intrigantes de maneira surpreendente. Agatha Christie é a romancista mais vendida de acordo com o Guinness Book o Livro dos Recordes. Seus mais de 80 livros publicados, e traduzidos em todo o mundo, fizeram dela a maior escritora de romances policiais de todos os tempos Muitas obras á foram adaptadas para o teatro e cinema.


"A essência da vida é andar para a frente;

sem possibilidade de fazer ou intentar marcha a trás.

Na realidade, a vida é uma rua de sentido único."

Alem de consagrados contos de mistério Agatha deixou de lado as investigações e publicou seis romances sob o já mencionado pseudônimo de Mary Westmacott explorando a alma humana seus conflitos e emoções. A escritora morreu com 85 anos vítima de pneumonia.

William Shakespeare (Stratford-upon-Avon, 1564 (batizado a 26 de abril) — Stratford-upon-Avon, 23 de abril de 1616) foi um poeta, dramaturgo e ator inglês, tido como o maior escritor do idioma inglês e o mais influente dramaturgo do mundo. É chamado frequentemente de poeta nacional da Inglaterra e de "Bardo do Avon" (ou simplesmente The Bard, "O Bardo"). De suas obras, incluindo aquelas em colaboração, restaram até os dias de hoje 38 peças, 154 sonetos, dois longos poemas narrativos, e mais alguns versos esparsos, cujas autorias, no entanto, são ainda disputadas. Suas peças foram traduzidas para todas as principais línguas modernas e são mais encenadas que as de qualquer outro dramaturgo. Muitos de seus textos e temas permanecem vivos até os nossos dias, sendo revisitados com frequência, especialmente no teatro, na televisão, no cinema e na literatura. A obra mais famosa da romancista, sem dúvidas, é Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice), considerado um dos livros mais lidos em todo o mundo. A história mostra a maneira com que a personagem Elizabeth Bennet lida com os problemas relacionados à educação, cultura, moral e casamento na sociedade aristocrática do início do século XIX, na Inglaterra. A obra ganhou uma adaptação para o cinema em 2005.


"É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada."

Nas histórias da escritora, as protagonistas mulheres têm mais autonomia e independência do que em outras obras da época, representando uma contribuição literária ao que podemos chamar de um movimento feminista, mesmo que ainda tímido.Em 2017, ano do bicentenário de morte da autora, Jane ganhou uma homenagem do governo britânico: o rosto dela passou a estampar a nova nota de 10 libras.

Jane Austen (Steventon, Inglaterra16 de dezembro de 1775Winchester, Inglaterra, 18 de julho de 1817) foi uma escritora inglesa. A ironia que utilizou para descrever as personagens de seus romances a coloca entre os clássicos, haja vista sua aceitação, inclusive na atualidade, sendo constantemente objeto de estudo acadêmico, e alcançando um público bastante amplo.
Nascida em Steventon, Hampshire, de uma família pertencente à nobreza agrária, sua situação e ambiente serviram de contexto para todas as suas obras, cujo tema gira em torno do casamento da protagonista. A inocência das obras de Austen é apenas aparente, e pode ser interpretada de várias maneiras.                                                                     

"Muitas vezes perdemos a possibilidade de felicidade de tanto nos prepararmos para recebê-la. Por que então não agarrá-la toda de uma vez?"


A literatura Inglesa é muito rica e possui vários nomes consagrados, trouxe apenas estes três mas Quero saber quais são os seus autores ingleses favoritos
Me conta ai nos comentários.

Até a próxima!



DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Oi Pockets!
Tudo bem com vocês?


Vamos falar um pouco sobre consciência. Segundo o dicionário Michaelis consciência é:

"O próprio ser humano, entendido como ser pensante ou entidade espiritual; alma, espírito, mente."

"Compreensão ou lucidez quanto a determinado tema ou assunto, em especial aqueles afeitos a questões sociais e políticas."

Agora vamos conversar!
Vai ter carne preta, sim!
Estudos recentes dizem que pela primeira vez, nós negros, somos a maioria (por volta de 46%) nas universidades públicas.  Uma grande vitória, fato. Mas... será que esses quarenta e seis porcento concluirão seus estudos? Os que concluem, se formam de uma forma digna e sem máculas pelo tom de sua pele? E depois, esses negros guerreiros terão vez no mercado de trabalho? Dados quantitativos são muito bons, enche os olhos da massa. Porém tantas questões surgem por trás desses dados!

Ainda falando em dados, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) aponta que as mulheres negras ganham 44.4% a menos que os homens brancos. Não! Você não leu errado. Mulheres pretas ganham menos da METADE! Você pode pensar que o fator determinante nesta conta discrepante é o gênero. Ledo engano, as mulheres brancas vêm logo abaixo dos homens brancos na classificação de remuneração, depois os homens negros, finalizando esta vergonha de rendimento desigual, as negras. O IBGE ainda afirma que a desigualdade também está na distribuição de cargos gerenciais, apenas 29.9% são ocupados por profissionais (tão preparados quanto os brancos) pretos e pardos. Em outras palavras: quanto maior o salário, menos mãos negras tomam posse dele. Sem comentar a fundo sobre o enervante fato: quanto mais a mulher preta se instrui, menos ela ganha em relação o homem branco com o mesmo grau de escolaridade. E ainda é apontada como “pesada demais” a máxima “a carne mais barata do mercado é a carne preta”.


Embora seja a mais barata, a carne preta é a mais desejada. E menos assumida. Explico: o corpo negro é muito desejado sexualmente. E não é porque somos/nos consideramos mais gostosos, não. É uma questão de racismo cultural. Os escravos não eram utilizados apenas como mão de obra, exploração de serviço e escape para extravasar raiva. Havia a cultura da escravização sexual, onde os desejos dos mais naturais aos mais “imorais” eram feitos com os escravos, logo, os escravizados de melhor aparência, dos corpos mais atraentes eram mais caros e disputados.

“(...) - Qual é o preço dela? Você quer comprá-la? (...) não há preço! Ela não está à venda! (...) Mas os ouvidos de Freeman foram surdos a esta proposta humanitária. Ele não a venderia naquela ocasião, por quantia alguma. Ela renderia montanhas de dinheiro - disse ele - quando fosse apenas alguns anos mais velha. Certamente haveria muitos homens em Nova Orleans dispostos a lhe pagar até cinco mil dólares por uma ‘peça’ de beleza tão rara e extraordinária como Emily logo viria a ser (...). Ela era uma beleza! Uma pintura; uma boneca; uma das que tinham ‘sangue bom’. (...)”
12 Anos de Escravidão (p. 61)

Você entendeu, não é? A pobre escravinha, que contava apenas cinco anos, não seria usada para colher algodão ou plantar milho. Contudo, pouco provável ela ser tomada como esposa por seu dono. Porque era essa a sina das escravas bonitas. Seu destino era ficar trancafiada na senzala, sendo abusada mental e sexualmente por seus senhores quando, por quem, como e quantas vezes eles quisessem. Nunca na sociedade, sempre às escondidas. O que, salvo as condições atuais, ainda acontece. O olhar de cobiça, os desejos da carne, os prazeres mais primitivos, são saciados pelas pretinhas, o casamento, a sociedade, para as branquinhas. E isso não é vitimismo. Mulheres negras casadas ou com relacionamento sério assumido é muito inferior à mulheres brancas na mesma situação. Apontar está situação nos trouxe várias reticências, uma vez que pode se dar ares de competição entre as mulheres de etnias diferentes, um falso ar de falta de sororidade. Não! Não é sobre disputa. É sobre desigualdade. E as menos culpadas desse horror são as mulheres.


Por falar em sororidade, nunca antes na história deste país (não podemos perder a piada), esta palavra foi tão bem trabalhada e praticada. Estamos nos unindo, apoiando cada vez mais. Tchau, disputas infantis; olá, concorrência saudável. Dar valor ao outro não diminui as suas qualidades. Muito pelo contrário! Este reconhecimento mútuo, valorização do ofício, notoriedade ao trabalho do outro só nós dá forças para alimentar a excelência do serviço e principalmente, o triunfo de todos os envolvidos.

Quando se fala em enaltecimento da mulher negra, da beleza dos lábios cheios, da poesia dos quadris largos, do empoderamento dos cabelos crespos, deve-se lembrar historicamente delas, as que vieram primeiro, que não puderam se embelezar; das que vieram depois e não tinham uma paleta de cores de base correta para seu tom de pele e dessas outras, mais próximas de nós, com bolhas no couro cabeludo por conta da chapinha assassina. Para que pudéssemos ser livres para alisar ou não os cabelos, para passar ou não os cabelos, para usar brinquinho ou brincão, turbantes, faixas, roupas estampadas, étnicas ou monocromáticas. Hoje somos livres para mostrar nossos corpos negros em vários tons. Cabelinho pra jogo, alisado, armado, enrolado ou cabelo algum. Sambando, requebrando, mandando ver no rap, batendo cabelo no calypso ou no metal ou só no cantinho olhando a festa. Na hora da fé, no candomblé, na igreja evangélica, católica, carismática, no templo budista, fora de tudo, dentro de várias. Livres para poder sorrir, para chorar, falar, cantar, escrever; livre para ser. Livre para amar um homem ou vários, amar mulher, plantas, mas sem esquecer de amar a si mesma em primeiro lugar. Livres para ter consciência de imagem, de qualidades e limitações, consciência de onde ir, de criar; consciência negra. Porque a carne preta não é a mais barata, pois não está mais a venda.

Hoje, 20 de novembro, comemora-se o Dia da Consciência Negra, um grande dia para os descendentes dos humanos escravizados, - pois ninguém nasce escravo - assim como a maioria das datas semelhantes, provém de um desastre. Marca a morte de Zumbi dos Palmares, um pernambucano, que nasceu livre, mas aos 6 anos foi escravizado. O mesmo Zumbi, retornou anos depois para sua terra natal e virou líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695.
Na segunda metade da década de 1970 um grupo no Rio Grande do Sul (RS) criou um grupo chamado Grupo Palmares, idealizado pelo poeta gaúcho Oliveira Silveira. Tal sociedade de pensadores e poetas sobreviveu até mesmo o AI5 (Ato Inconstitucional número 5) e sua desconfiança absoluta, tendo que provar que o grupo de teatro unificado ao grupo nada tinha a ver com um grupo “subversivo”. A resistência vem de todos os lados.

E você tem consciência?
Beijos.


SERIES DE TERROR - HALLOWEEN


Oi Pockets!!!
Hoje nós vamos aproveitar que outubro e o mês que se comemora o Dia das bruxas (31 de outubro) para darmos 3 dicas de series de terror para você assistir.



Duas das três dicas eu assisti maratonando pois era difícil de mais me segurar e assistir um episódio por vez. Então vamos lá.

Outubro de 2017
Nossa primeira dica e o seriado "Diário de horrores", um seriado para adolescentes que segue os moldes de Black Mirror. As historias são narradas por um menino não identificado que usa uma mascara de gesso. Indicados para maiores de 10 anos o seriado trata assuntos importantes como valores familiares, bullying, uso de celulares. Os episódios não precisam ser assistidos na sequência.
Apesar de não ser muito assustador pode render boas reflexões.



Outubro de 2018
Segunda dica dá medo e tem também alguns jump scare. "A maldição da residência Hill" é uma série de tv de terror sobrenatural com 10 episódios baseada no livro de 1959 da autora Shirley Jacson "A assombração da casa da colina". NO verão de 1992 a família Crain se muda para a mansão Hill com o objetivo de reformar e vender o imóvel após a reforma. Os episódios mesclam as lembranças do passado com os acontecimentos do presente, e como o tempo que passaram na mansão mudou para sempre a família. Ótimo seriado, com atuações bem convincentes do elenco infantil.
O livro de Shirley também já recebeu duas adaptações para o cinema com o nome de "A casa amaldiçoada" em 1963 depois em 1999.

Setembro de 2018
Nossa terceira e ultima dica e a serie de terror "Marianne". A serie de tv francesa com 8 episódios acompanha a escritora Emma Larsimon, que durante uma seção de lançamento e autógrafos do ultimo livro de sua de terror é persuadida, por uma amiga de infância, a retornar a sua cidade natal e confrontar todos os medos que cercão a verdade sobre suas histórias. Muitos segredos e as motivações de Emma só serão explicados no decorrer dos episódios, incluindo sua relação com a mãe. Eu acompanhei alucina ate o ultimo capitulo e foi impossível parar se assistir. A serie ainda deixa um bom gancho para uma possível segunda temporada. 

Está é aquela serie que você realmente consegue sentir medo e se envolver com a trama, mas não se apegue a personagens rsrsrs.



"Se você é um daqueles doentes, como eu, que gosta de ter medo, MARIANNE (Netflix) fará o trabalho. Há reflexos de humor que dão uma sensação de COISAS MAIS ESTRANHAS. Ele também tem (eu digo com toda a modéstia) uma vibe de Stephen King."

Todas as nossas dicas estão disponíveis na Netflix.
Agora é com você, que tal me indicar uma boa série ou filme de terror para assistir no mês de outubro?


Beijos até mais...



LITERATURA PELO MUNDO - ESPANHOLA


Olá Pockets!!!

Vamos iniciar mais uma viagem pelo mundo da literatura de outros países, e vamos com a literatura Espanhola, é um idioma que sou apaixonada, e gosto bastante de alguns modos culturais que apenas eles tem. E acredito que  as novelas mexicanas são as mais lembradas quando falamos sobre nossos hermanos. rsrs "María la del barrio soy".

Mas hoje vamos falar da literatura deles, a literatura espanhola é uma das que tem grandes clássicos, que já viajou para vários cantos do mundo. A literatura espanhola é bem diversificada, e conquista os diversos gosto de leitura. Na Espanha ainda existe diferentes literaturas, que são configuradas como literaturas nacionais diferenciadas que são: A Literatura Catalã, A Literatura Espanhola, A Literatura Galega e Literatura Basca.

E um fato importante é que a Literatura Espanhola tem sua origem co m o poema Épico Cantar de Mio Cid, foi incluído pelo medievalista espanhol Ramón Menéndez Pidal na tradição popular denominada mester de juglaria. Mester de juglaria refere-se à tradição medieval de acordo com a qual poemas populares eram passados de geração a geração, sendo modificados no processo.

Acredito que um dos autores espanhóis mais conhecido é o Miguel de Cervantes o autor do livro Dom Quixote, ele tem outros livros e peças publicados, interessante que o autor faleceu em 1616, mas ainda é aclamado.

"Aquele que lê muito e anda muito, vê muito e sabe muito." Miguel de Cervantes

A literatura espanhola tem muitos autores, vamos apresentar apenas alguns para que você comece a conhecer um pouco sobre a literatura Espanhola, são eles:


Gabriel García MarquezAutor que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1982, foi um escritor, jornalista, editor, ativista e político colombiano, teve seus livros traduzidos por mais de 36 idiomas, infelizmente faleceu em 2014. Sua obra mais conhecida é Cem Anos de Solidão


"Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso." Gabriel García Márquez

Carlos Ruiz Zafón - É um escritor espanhol que tem vivido em Los Angeles desde 1993, onde ele passou alguns anos escrevendo roteiros enquanto desenvolvia sua carreira como escritor. 
Em 1993 ganhou o prêmio Edebé de literatura com seu primeiro romance O Príncipe da Névoa. Mas acabou tendo seu trabalho conhecido pelo livro A sombra do vento, e foi finalista a dois prêmios de literatura.


  "Quem ama de verdade ama em silêncio, com atos e não com palavras" Carlos Ruiz Zafón


Pablo Neruda - Foi um poeta chileno, considerado um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX e cônsul do Chile na Espanha e no México. Ganhador do Prêmio Nobel em 197, enquanto ocupava o cargo de embaixador na França. 
Publicou seus primeiros poemas no periódico regional A Manhã. Vinte poemas de amor e uma canção desesperada, não é sua primeira obras, porém é uma das que mais gosto, por isso escolhi ele para apresentar.


"Podes cortar todas as flores mas não podes impedir a Primavera de aparecer." Pablo Neruda


Almudena GrandesÉ uma escritora espanhola, em 1989 ganhou o pŕemio La Sonrisa Vertical pela novela erótica Las edades de Lulú, que está traduzida em várias línguas. Os seus livros descrevem sobretudo a sociedade espanhola na época posterior à ditadura franquista, e desde 1975 até a atualidade, com enorme realismo e intensa introspecção psicológica.


"Você tem que ser muito corajoso para pedir ajuda, sabe? Mas você tem que ser ainda mais corajoso para aceitá-lo." Almudena Grandes


Isabel Allende Nasceu em Lima, no Peru,mas é considerada uma autora chilena, pois viveu no país desde muito cedo. A jornalista e escritora pertence ao movimento literário de realismo mágico. O primeiro livro de Allende, A Casa dos Espíritos, de 1982, fez tanto sucesso que foi adaptado para o cinema em 1993. 
Durante a carreira, a escritora lançou 17 livros com tradução em diversos países e línguas. A obra mais dramática da autora foi lançada em 1995, quando sua filha Paula entrou em coma. Ganhadora de vários prêmios de literatura e uma ativista firme na defesa dos direitos femininos. Outras de suas obras são O caderno de Maya, O amante japonês, a ilha sobre o mar, A soma dos dias, etc. 

"Todos temos dentro de nós uma insuspeita reserva de força que emerge quando a vida nos põe à prova." Isabel Allende



María Dueñas Nasceu em Puertollano, Espanha. É uma escritora espanhola. Ficou famosa em 2009 com O Tempo Entre Costuras, seu primeiro livro, que se converteu numa das obras mais vendidas da literatura espanhola nos últimos anos e foi traduzida para mais de vinte e cinco idiomas.Seu livro O Tempo Entre Costuras foi adaptado na Espanha para uma minissérie com 1 temporada, e foi transmitida no Brasil pela TV Brasil
É professora titular de filologia inglesa na faculdade de Letras da Universidade de Múrcia desde 2003. Outras de suas obras traduzidas para o Brasil são A Melhor História Está Por Vir (Planeta, 2012), Recomeçar (Porto Editora, 2014) e Destino: La Templanza (Planeta, 2015)


“O destino são a soma de todas as decisões que tomamos ao longo da vida, até aquelas que parecem insignificantes.” Maria Dueñas



A literatura Espanhola tem várias autores maravilhosos, além desde que apresentamos. Caso conheça um e queira no indicar só comentar aqui.


Beijos, até a próxima..


FILMES E MUSICA


Oi Pockets!!
Nos dois últimos fins de semana (27 de set de 2019 – 6 de out de 2019) rolou o Rock in Rio. 
Para quem ainda não conhece, o Rock in Rio é um festival de música que aconteceu pela primeira vez em 1985.

Eu gosto muito de música, e quando dá para combinar musica, filme, livro, serie gosto ainda mais.
Não sou especialista em cinema, mas como apreciadora vim deixar hoje 3 dicas de filmes que falam sobre musica, seja contando a historia dos músicos e sua trajetória ou seja sobre o artista, ou ate mesmo usando as musicas para contar uma história.

Então vamos as nossas dicas, vou seguir a ordem de lançamento dos filmes para esta lista.

DICA 1
Bohemian Rhapsody, filme de 2018 que narra a historia do icônico Freddie Mercury e da banda Queen. Acompanhamos toda a trajetória do musico desde de sua entrada na banda Queen. O musico é interpretado pelo ator Rami Malek, que inclusive levou o Oscar de melhor ator. No estilo biografia, além de trazer muitas historias da banda é bem interessante para quem gosta da banda com uma trilha sonora que deixa a gente cheio de saudades.



DICA 2
Rocktman, filme bem novo, lançado em maio de 2019. Uma biografia que narra a trajetória do extremamente tímido e talentoso Reginald Dwight que muda seu nome para Elton John interpretado pelo ator Taron Egerton. O filme e contado meio que de trás para frente já que a história se inicia quando o músico chega a um grupo de reabilitação e então começa e contar toda a sua historia até aquele momento.
Enquanto assitia ao filme, a pesar de não ser uma fã do musico, descobri que conheço mais músicas do que imaginava dele.


DICA 3
Yesterday, lançado em agosto de 2019, este você ainda consegue encontrar em algumas salas de cinema. Na comédia romântica Yesterday (já adivinhou de quem vamos  falar?), após sofrer um acidente o musico e compositor é o único no mundo a se lembrar das musicas dos Beatles, ele então recebe todos os créditos pelas composições e alcança muito sucesso . É a partir deste evento que toda a historia se desenvolve, é bem diferente ver o ator Himesh Patel com suas características indianas interpretando as musicas que nos acostumamos a ver no quarteto britânico (John Lennon, Paul McCarthney, George Harrison, Ringo Star).


O que as nossas dicas tem em comum?
Eu te digo. São ótimos filmes, com muitas musicas maravilhosas, mas também mostra que nem sempre o sucesso trás com ele a felicidade. Nas biografias vemos muitos momentos de solidão e dúvidas. Famílias bem disfuncionais, aproveitadores tentado tirar vantagem do talento dos artistas. Apesar disso, as historias ainda trazem uma mensagem com esperança.

Curiosidades:
  • A banda Queen participou da primeira edição do Rock in Rio 1985.
  • O publico presente no show do Queen em 11 de Janeiro de 1985, na Cidade do Rock foi de 1.380 mil pessoas – o equivalente a cinco Woodstocks.
  • Em 2015 na edição que comemorava 30 anos de festival, o Queen retornou aos palcos desta vez com Adan Lambert no vocal.
  • Elton John fez duas participações no Rock in Rio, 2011 e 2015.
  • No Brasil o Rock in Rio teve 8 edições, 1985, 1991,2001, 2011, 2013, 2015, 2017, 2019. 
Se você gosta de musica e filme e quiser deixar uma dica para a gente assistir eu vou adorar.

Beijos e até a próxima!




LITERATURA PELO MUNDO - IRLANDA

Olá Pockets!!!!

Hoje iremos iniciar nossa viagem pelo mundo da literatura de outros países, e começamos com a literatura Irlandesa.
A literatura irlandesa é muita rica em escritores e artistas, mas na maioria das vezes não identificamos estes artistas como irlandeses, pois com a proximidade com o Reino Unido, muitos são levados a morar em Londres, centro importante da cultura mundial.
A literatura irlandesa é identificada por sua escrita voltada a tradições orais de lendas e poesias, assim como sua exuberante natureza destaques em adaptações cinematográficas como “Senhor dos Anéis”, “Outlander”. 

Os escritores irlandeses tem um estilo narrativo voltado ao exagero e na sátira, personagens fantásticos e sobre humanos como “Drácula” e “Frankenstein” são frutos dessa literatura. Um país dividido entre católicos e protestantes cristãos que entram em conflito há décadas por suas opiniões contrárias, travam batalhas civis históricas. Acredito que deve muito se a isso, a literatura extraordinária que se mistura a tradições milenares que se acredita em elfos, duendes e fadas.  Autores com Bram Stoker e Oscar Wilde que declaramos serem autores de língua inglesa na verdade nasceram em solo irlandês. Apesar de muitos desses escritos se apresentem em inglês, existem muitos escritos em irlandês gaélico antigo e moderno.  

A seguir apresento alguns desses autores de língua irlandesa:

Bram Stoker (1847-1912): nasceu em Dublin, Irlanda. Conhecido por ter publicado “Drácula” em 1897, literatura gótica baseado em vampiros que se tornaram adaptações várias vezes para o cinema: “Drácula” (1931) protagonizado por Belá Lugosi, “ O Conde Drácula” (1970) com Christopher Lee, “ Drácula” (1979) com Frank Langella, e mais recentemente  (1992) “Drácula de Bram Stoker” com direção de Francis Ford Coppola e com Gary Oldman e Winona Ryder.  Outras publicações de Bram Stoker são “Miss Betty” em 1898, “The Men” em 1905, “O Caixão da Mulher Vampiro” em 1909. 


Oscar Wilde (1854-1900): nasceu em Dublin, Irlanda. Publicou “O Retrato de Dorian Gray” em 1891 seu único romance, considerado uma das mais importantes obras inglesas. Este romance rendeu algumas adaptações pra ao cinema em vários países o mais recente é “Dorian Gray” de 2009 com Bem Barnes e Colin Firth. Escreveu ainda novelas, contos infantis, dramas. Outras obras dele são: “A Alma do Homem sob o Socialismo” em 1891, “Uma Mulher sem Importância” em 1893, “A Balada do Cárcere de Reading” em 1898 que publicou enquanto esteve preso por dois anos, acusado de ter um caso amoroso com Lord Alfred Douglas.

Jonathan Swift (1667-1745): nasceu em Dublin, Irlanda. Sua obra mais conhecida é “As Viagens de Gulliver” de 1726, obra que mistura viagem, aventuras e ficção científica. Em 1704 publica “A Batalha dos Livros” e “Conto de Tonel”, em 1729 publica uma sátira “Uma Modesta Proposta” que critica a situação social da Irlanda. “As Viagens de Gulliver” tiveram várias adaptações para TV como o desenho animado criado em 1968 por William Hanna e Joseph Barbera e várias minisséries adaptados para TV, mais recentemente em 2010 foi levado ao cinema com Jack Black e Emily Blunt.

Emma Donoghue (1969): nasceu em Dublin, Irlanda. Hoje mora na França com a companheira e dois filhos. Emma tem vários livros publicados entre eles “O Quarto” de 2010 que adaptado ao cinema em 2015 com o nome “ O Quarto de Jack” com Jacob Temblay no papel do garoto Jack que é mantido em cativeiro num quarto com sua mãe. Outro livro de Emma Donoghue é “O Milagre” que em 2019 também foi adaptado para o cinema.

Marian Keyes (1963): nasceu em Limerick, Irlanda. Esta escritora já vendeu mais de 22 milhões no mundo todo, traduzido para 32 idiomas. Autora de vários Best Sellers Chick Lit, seus livros exploram o universo feminino com humor e leveza. Trazem assuntos como violência doméstica, depressão, amores. Alguns de seus livros são: “Melancia” (1995), “Férias” (1997), “É Agora ou Nunca” (1999), “A Estrela mais Brilhante do Céu” (2009), “Dando um Tempo” (2018).

Jonh  Boyne (1971): nasceu em Dublin, Irlanda. Escritor conhecido pelo livro “O Menino do Pijama Listrado” de 2006, que conta a historia de dois garotos que ficaram amigos durante a Segunda Guerra Mundial através de uma cerca de um campo de concentração nazista, um livre que não entende muito bem por que aquele garoto de pijama listrado não pode sair para brincar. Livro que foi adaptado em 2008. Outras publicações de Jonh Boyne são: “O Menino no Alto da Montanha” em 2015, “As Fúrias Invisíveis do Coração” em 2017.

C.S. Lewis (1898-1963): nasceu em Belfast, Irlanda do Norte. Clive Staples Lewis nasceu na Irlanda do Norte que pertence ao Reino Unido (Inglaterra, Escócia Irlanda do Norte e País de Gales). C.S. Lewis foi pensador, romancista, ensaísta, poeta, crítico literário, cristão fervoroso, apesar de parte de a adolescência ser ateu, é conhecido por suas publicações de cunho religioso e de reflexão, estudado e lido por várias religiões. Eis aqui algumas de suas obras: “Milagres” de 1947, “Cristianismo Puro e Simples” de 1952, “A Anatomia de uma Dor” de 1961. Suas obras são referencias para outros autores, suas frases são propagadas há vários anos, e filmes foram feitos baseados em seus escritos. O mais famoso livro é “As Crônicas de Nárnia” publicado entre 1950 e 1956 como uma série de sete romances de alta fantasia e que a partir de 2005 se transformaram em filmes de sucesso, culminando com 04 filmes.

A partir destes escritores temos uma noção de quão grandioso é a cena cultural da Irlanda. Pubs e espaços teatrais de destaques, museus encantadores, natureza exuberante. Temos na música a banda de rock como U2 com ênfase em seu vocalista Bono Vox  destaque no cenário mundial por sua defesa de liberdade das atividades sociais e minorias. Músicas como “Sunday Bloody Sunday”, “One”, “Pride”, “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”, se tornaram hinos de uma geração de fãs. E também a banda de rock The Cranberries que teve como vocalista Dolores O’Riordan, voz  feminina de destaque em  músicas como “Zombie”, “Linger”, “Ode to My Family”, “Salvation”. Dolores infelizmente faleceu em Janeiro de 2018 morreu afogada numa banheira por intoxicação por álcool. 

Em 1993 foi lançado o filme “Em Nome do Pai” de Jim Sheridan com Daniel Day-Lewis e Emma Thompson, o filme se passa em 1974 quando uma bomba supostamente colocada pelo IRA  mata cinco pessoas em um pub próximo a Londres e quatro jovens irlandeses são presos e condenados pelo crime, assim como o pai de um deles. Então uma advogada começa a investigar as irregularidades do caso.


“O coração de uma mulher deve ser tão próximo de Deus que um homem precisa persegui-lo para encontra-la” C.S.Lewis

“Quando amadurecemos, a lista de desejos para o Natal fica mais curta, e o que realmente desejamos, não é possível comprar” C.S.Lewis

“Educação e leitura assim se transforma um país” 



© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo