ULTIMAS POSTAGENS

"Ai de ti, Copacabana" de Rubem Braga

Hello Pockets!!! Como vão? Espero que bem, desejo a vocês um lyndo início de semana.

Hoje trago uma leitura de crônicas maravylyndas do meu amado Rubem Braga. Quem me conhece sabe do meu grande amor pelo " érrejota" parte do meu coração mora lá.

Nesta obra são reunidas algumas de suas crônicas escritas entre abril de 1955 a fevereiro de 1960, período em que o escritor peregrinou, como ele mesmo afirma na nota introdutória. A mistura do lirismo com acontecimentos corriqueiros é o que faz este livro ser tão perfeito.

Como o próprio título nos trás há a evidência da memória metaforicamente enaltecida pela melancolia e saudade. Rubem Braga com seu estilo estupendo nos trás os cotidianos através dos cheiros, paisagens e locais.

A crônica que mais amei foi “A minha glória literária”, em que ele busca a lembrança de seus tempos de colégio.

“Quando a alma vibra, atormentada, às pulsações de um coração amargurado pelo peso da desgraça, este, numa explosão irremediável, num desabafo sincero de infortúnios, angústias e mágoas indefiníveis, externa-se, oprimido, por uma gota de água ardente como o desejo e consoladora como a esperança; e esta pérola de amargura arrebata pela dor ao oceano tumultuoso da alma dilacerada é a própria essência do sofrimento: é a lágrima.”


Um livro que marcou meu 2.021 com sua intensidade e genialidade, ironia e rancor, sentimentos únicos e comuns permeam suas páginas, e o que mais dizer desta obra?

Única, esplêndida, atemporal, e outros milhares de adjetivos podem e devem ser atribuídos as suas obras, elas nos mostram a genialidade de Rubem Braga, que marca presença eterna no cenário da nossa cultura brasileira.

E vocês também curtem crônicas? Nos contem !!! Beijocas e inté a próxima.

Adquira aqui 🔜 https://amzn.to/3pnXFCk 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo