ULTIMAS POSTAGENS

NATHÁLIA NOVIKOVAS #EULEIONACIONAISCP



Oi Pockets!

Tudo bem com vocês? Espero que sim.

Nossa autora do mês é a Nathália Novikovas, leitora voraz que sempre nos acompanhava em nossas leituras coletivas de livros nacionais. Hoje é a vez de conhecer um pouco mais dela.

Nathália por Nathália

Oi pessoal! 

Me chamo Nathália Novikovas, moro atualmente numa cidadezinha do interior de São Paulo chamada Ibirá, tenho 25 anos e sou escritora.

Comecei minha jornada de escritora em meados de 2014 no Wattpad com meu primeiro romance “Com a Bola Toda”. Esse romance foi literalmente a primeira coisa que escrevi na minha vida, tenho um carinho muito grande por essa história mesmo que a minha escrita seja bem iniciante, foi através de “CABT” que consegui provar a mim mesma que eu poderia escrever uma história que cative e apaixone as pessoas, como tantos livros que li e amei ao longo dos anos.

Em 2017 participei da antologia “Contos Astrais”, publicado pela Editora Rouxinol e só em 2019 voltei para a escrita com o lançamento do meu primeiro conto independente “Ensaios de Patrício Casanova”. Já nesse ano, fui convidada para participar da antologia “Notificação Preferida”, publicada pela Editora Burn Books e lancei o meu novo conto “Um Expresso e o Início de Tudo”.

(Abro um parêntese para autores iniciantes: se puder… participe de antologias. É uma forma de conhecer o mercado, de conhecer outras pessoas que escrevem e é uma forma de lançar seu nome para o mundo literário [caso você não tenha nada publicado].)

Como autora independente tenho que estar sempre divulgando minhas histórias, escrevendo, procurando pessoas para parceria de divulgação e muita das vezes, como já diria Lady Gaga em “911”, meu maior inimigo sou eu, sempre acontece a autossabotagem uma vez ou outra. Mas algo que aprendi esse ano foi que preciso estar cercada de autores. Ter uma rede de apoio para dividir os surtos, os bloqueios criativos, dúvidas de publicação, não só assuntos sobre o mundo literário mas como outras coisas também. Estar sozinha com a minha escrita não foi bom pra mim e agradeço demais a todas as amizades que criei ao longo dos anos, mas principalmente nesse ano de 2020. E agradeço também ao Cultura Pocket pelo espaço, não só para mim mas para outras pessoas que escrevem, é muito importante ter o apoio de leitores e influenciadores literários, digo isso com todo o meu coração.

Agora como uma autora indie, vejo agora o quão trabalhoso/desgastante (emocionalmente e financeiramente) é você publicar, isso porque no dia 31/10 o conto “Ensaios de Patrício Casanova” completou um ano de publicação e foi um baque pra mim. Até então eu só tinha escrito no Wattpad e no Spirit Fanfics, minhas histórias nessas plataformas não passaram por serviços como revisão, leitura crítica, leitura sensível e muito menos contratei um capista. Já com a publicação na Amazon precisei investir nesses serviços tão necessários. Nesse um ano de publicação de “Ensaios de Patrício Casanova” tive ótimos retornos de leitores, não é um best-seller nem nada, mas é uma quantidade de pessoas suficiente que deram uma chance a minha escrita e isso é minha grande motivação, a chance que tenho de ser lida por alguém que não conheço – e também de ser lida por pessoas que conheço.

Atualmente só estou escrevendo contos e espero que no ano que vem eu consiga terminar de reescrever “Com a Bola Toda” para publicá-lo na Amazon, é uma meta que faz um tempo que tento cumprir e espero que dê certo. Minhas histórias são sempre descontraídas, com protagonistas jovens adultos, representatividade lgbtqia+ e com pitadas de romance, acho que nunca vão ler uma história minha dramática ou muito pesada. Acredito que cada personagem que já criei tem alguma característica minha ou de alguém que eu conheço, não todas mas sempre há uma pelo menos. Da mesma forma que não só um autor influência minha escrita, mas todos que leio, sempre tem algo nos livros que pego como um conselho e dica de escrita para meus próximos projetos.

(Abro outro parêntese: se você é escritor, LEIA & estude!
Mesmo que eu esteja escrevendo desde 2014, só no ano passado eu realmente fui estudar sobre escrita criativa e foi mega importante para mim como autora. Inclusive foi nesse curso de escrita criativa que aprendi do jeito mais difícil que eu preciso de uma rotina de escrita e não devo escrever só quando estou inspirada… Estou seguindo esse conselho? Ainda não, mas não façam que nem eu.)

Sobre criar playlist, eu particularmente não gosto muito da ideia de montar a listinha de músicas que eu quero ouvir ou tentar encaixar na minha história, só escolho alguns álbuns que gosto bastante para me acompanhar aleatoriamente na escrita. Tentei fazer a playlist de “Ensaios de Patrício Casanova” por se tratar de um conto que se passa em uma escola de música e várias músicas são citadas ao longo da história, então achei interessante fazer uma nesse caso.

Para finalizar quero agradecer novamente o convite do pessoal do Cultura Pocket e também a todas as pessoas que me leram ou tem interesse nas minhas histórias.

Me encontre nas redes sociais pelo meu linktr.ee :)


PING PONG

Cor? Roxo

Filme? Scooby Doo (assisti tantas vezes nessa quarentena que não dava pra citar outro filme)

Série? The Office

Música? Camino el sol – RBD (sim, sou viúva do RBD)

Cantor(a)? Mc Tha

Raiz ou Nutella? Nutella

Dia ou noite? Noite

Frio ou calor? Frio

Livro físico ou e-book? Ambos

Casar ou comprar uma bicicleta? Comprar uma bicicleta (motorizada)

Ficção ou Não-ficção? Ficção

Viajar ou ficar em casa? Ficar em casa

Gato ou cachorro? Gato

Fast Food ou Comida caseira? Fast food


Já conhece os livros da Nathália?

Clica no título para conhecer.

 

Contos Astrais - Antologia da Editora Rouxinol (conto Coração Revolucionário)

Ensaios de Patrício Casanova: sobre amor & assombração

Notificação Preferida - Antologia da Editora Burn Books (conto Tudo o que eu quero ouvir)

Um expresso e o início de tudo

Corações Coloridos Que Pulsam - Antologia organizada por Oceano Albuquerque (conto O tempo certo)

Espero que tenham gostado de conhecer essa autora.

Beijos,




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo