ULTIMAS POSTAGENS

A FORÇA - DON WINSLOW


"As pessoas não sabem o que é preciso fazer, às vezes, para mantê-las em segurança e é melhor que nem saibam. Podem achar que querem saber, podem dizer que querem saber, mas não querem saber de nada."

 Olá Pockets!!

Hoje venho apresentar minhas considerações sobre o livro A força que lemos em parceria com a editora @harpercollinsbrasil do clube de leitura do SLAS. Não conhecíamos o autor e foi uma surpresa a história, embora no inicio a leitura tenha sido devagar, pois os capítulos  são detalhados e grandes, o autor nos apresentar uma realidade dura, cruel e real da rotina dos policiais de Nova York, as corrupções que existem e tudo o mais que acontece nos bastidores.

Título: A força
Autor: Don Wislow
Editora: Harper Collins
Ano: 2018
Nº Páginas:512
Classificação: 4

 Sinopse: Denny Malone só queria ser um bom policial. Ele é o "rei do norte de Manhattan", detetive-sargento condecorado e o líder da força policial de Nova York. Malone tem a melhor equipe: a mais forte, a mais rápida, a mais corajosa e a mais destemida. Sua unidade de elite tem autoridade irrestrita para liderar a guerra às drogas, às gangues e ao tráfico de armas. O que poucos sabem é que o próprio Denny Malone é corrupto. Agora, investigado pelo FBI, ele deve andar na corda bamba para evitar trair seus parceiros, sua família e a mulher que ama, enquanto a cidade está prestes a entrar em um conflito que pode pôr tudo a perder. Baseado em anos de pesquisa com o autor infiltrado no departamento de polícia de Nova York, A força é uma história de ganância e violência, desigualdade e raça, crime e injustiça, vingança e redenção que revela as tensões aparentemente insuperáveis entre a polícia e os cidadãos a quem eles servem.

RESENHA 


O enredo conta a história de Denny Malone, um policial que vai contar sua história e as situações "sistema de corrupção" que ocorre no dia a dia da policia de Nova York. No inicio da narração temos Denny falando que não imaginava que estaria preso -"Mas ali está Malone. Sem sua arma e seu distintivo, ou qualquer outra identificação do que ou de quem ele é, ou do que e de quem ele era. Um policial corrupto."-

Denny foi criado pela mãe e o irmão após a morte do pai que também era policial. Seu irmão era bombeiro, e acabou perdendo a vida no ataque do 11 de setembro das torres gêmeas. Malone entrou para a policia para fazer o bem, tentar manter as ruas limpas dos "bandidos", e ao entrar para a força tarefa (como é chamada as equipes de trabalho), ele junto de Russo, Billy e Big Monty fazem de tudo para derrubar o contrabando e distribuição de drogas de um grande traficante, mas vão perceber que não é fácil, e que tem gente grande envolvida no caso.

A partir de ponto, Malone percebe que nem sempre é fácil lutar contra a correnteza do sistema, que existe muitos coisas e pessoas envolvidas, e que até ele é suscetível a se envolver com a corrupção que ocorre. Malone e sua equipe vão se tornar os rei de Nova York, especificamente do bairro Harlem, que consideram sua jurisdição, eles vão proteger e ao mesmo tempo ameaçar a população, pois ao mesmo tempo que tiram drogas e outros bandidos das ruas, eles criam outras ameaças.

Malone está separado da mulher Sheila com quem tem dois filhos, mas sofre pressão dos parceiros e suas esposas para retomar com ela, e manter seus casos como muitos outros fazem. Porém Malone não deseja, ele gosta da namorada Claudette, uma enfermeira negra, porém viciada em drogas, porém as coisas vão mudar.

Sem perceber Malone acaba caindo em uma emboscada e é pego pela FBI,que tem áudios sobre um de seus "negócios", para se livrar acaba fazendo um acordo de delação, sobre os policiais corruptos e todos os outros envolvidos. Sua vida vai virar de cabeça para baixo, pois ficará em corda bamba, tendo de dedurar seus parceiros e ao mesmo tempo se manter vivo, pois tem muitos querendo sua cabeça. Além disso, tem que saber manter sua situação com a família e a nova namorada, ao mesmo tempo que usa substâncias para se manter sã.

Essa é uma história forte e brutal, pois trás muitos informações sobre corrupção de policiais e dos sistema jurídico, o preconceito racial e misógino, o uso e distribuição de drogas, a máfia e a vida de inocentes que ficam no meio cruzado, -"Isso é um negócio, detetive. A justiça é um negócio."- Quando essa citação é dita por um advogado, é chocante né?, mas muito real infelizmente.

Esse livro é um choque de realidade, por ser algo que imaginamos, mas não sabemos ao certo como funciona e nesse livro ele nos conta de modo detalhado.

  Quotes:

"Quando Malone era criança, as freiras o ensinaram que, mesmo antes de nascermos, Deus – e somente Deus – conhece os dias de nossas vidas e sabe o dia de nossa morte, sabe quem ou o que vamos nos tornar."

 "As apalpadelas durante uma revista. Isto basicamente significava que se você visse um garoto negro na rua, você mandava parar e dava um sacode. A medida causou muito ressentimento e rendeu muita propaganda negativa, então, também não fazemos mais isso."

"A vida está tentando nos matar – diz ela. A vida, pensa Malone, está tentando matar a todos."

 "Os queridinhos do fundo fiduciário estão liberados. Um policial recebe um suborno, ele é criminoso; um funcionário público faz o mesmo e não dá nada."

"Quando um cara pequeno é pego pelo sistema – se ele tem uma vogal no fim de seu nome, ou, Deus o livre, se ele é negro, latino, ou até um policial – a máquina simplesmente vai triturá-lo. Não é uma briga justa."

"É, eu sou um policial corrupto. Eu sou um cara errado. Tenho que responder a Deus pelo que fiz. Mas não a vocês. A nenhum de vocês. Aquela guerra de drogas, pra vocês, é um jeito de deixar os crioulos e os hispânicos nos seus lugares, encher os tribunais e as celas, manter os advogados e os guardas e, sim, a polícia, integralmente empregados."

 "E ele era jovem, limpo, cheio de esperança, orgulho e fé. Fé em Deus e fé nele mesmo, fé na corporação, fé na missão de proteger e servir."

Confesso que a leitura no inicio é lenta, por ser uma leitura bem detalhado, porém vale muito a pena a leitura, o autor Don trás informações bem reais do dia a dia da policia, e que infelizmente sabemos que é verdade o que acontece sobre a corrupção, o sistema judicial. E o interessante é que o autor ficou infiltrado na policia, então as informações são bem fidedigna. E está em andamento a adaptação do livro, que será provavelmente uma série.


Este mês vamos ler mais um livro da autora Karin Slaughter será Flores Partidas, vem ler com a gente.


Até a próxima..

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo