Looking For Anything Specific?

ULTIMAS POSTAGENS

Os Seis Grous de Elizabeth Lim


Hello Queridos Pockets, como vão? Espero que super bem!!!

Continuando meus desafios de leitura de julho do @amigosdaleituraoficial o segundo tema foi: um livro que contenha números no título escolhi: ”Os Seis Grous de Elizabeth Lim”.

Uma capa baphpnyca, adoro mesclas e esta obra faz isso com dyvyna maestria, soma contos de fadas a mitologia. É o primeiro volume da duologia de Elizabeth Lim, uma releitura do clássico conto de fadas dos Irmãos Grimm: “Os seis cisnes”. A história é recheada de aventuras e magia envolvendo os grous, aves sagradas que simbolizam paz e vida longa na cultura japonesa.

"Encontre a luz que faz sua lanterna brilhar. E segure-se nela, mesmo quando a escuridão a cercar. Nem o vento mais forte vai ser capaz de apagar seu brilho.”

A autora busca a igualdade de gênero em todas as culturas, principalmente na asiática, na cultura japonesa como é de conhecimento de todos a mulher ainda é enxergada  como virtuosa e submissa. Shiori guarda um segredo valiosíssimo, é a única princesa do reino de Kiata, a magia corre em suas veias, ela dá vida a origamis e faz amizade com dragões. Destemida acredita piamente que é capaz de mudar a própria vida com mágica, porém possui um empecilho terrível imposto em sua vida, uma madastra maquiavélica. 

"Eu tinha dezessete anos. Já tinha maturidade o suficiente para saber que a única culpada pelas minhas decisões era eu mesma."

Condenada a esconder o rosto, permanecer em silêncio e subsistir sozinha, viu seus seis irmãos serem transformados em grous, o único modo de salvá-los é obter sua liberdade, capturar a madrasta e roubar a pérola de dragão. A narrativa é fluida, gostosa e lindíssima! Além das mensagens embutidas em uma jornada envolvendo amadurecimento,  a princesa descobre uma conspiração para a tomada do trono. Ela é a única capaz de trazer a paz ao reino, mas para isso deverá confiar em uma ave de origami, um dragão e até no rapaz com quem luta tanto para não se casar. 

Adorei cada um dos personagens muito bem construídos, em especial um daqueles crushes que amamos, fofo, bom, gentil e perfeito, tão certinho que beira a desconfiança hahaha, a outra é uma criança, cuja alma resplandece.  

“Eu não vou te deixar sozinha, Lina, nem nas suas alegrias nem nas suas tristezas. Queria que seu fio se prendesse ao meu para sempre.”

Esta obra é lynda, super recomendo para aqueles que assim como eu amam a cultura asiática, as lendas são maravylyndas, uma obra capaz de abranger vários temas: amadurecer, drama familiar, traições, reviravoltas, seguido de um amor puro que segue sendo construído “step by step”.  

"... eu considero o casamento um dever para com o coração. A comida alimenta nossa barriga, os pensamentos alimentam nossa mente, mas é o amor que alimenta o coração."

Beijocas e inté a próxima.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo