ULTIMAS POSTAGENS

Amnésia - Ricardo Lima

Hello Pockets, Como vão, espero que super bem.
Hoje trago para vocês mais uma leitura coletiva organizada pela @lgcacomunicacao e nem preciso dizer que foi perfeita neh? 

Logo nas primeiras páginas me questionei como não tinha conhecido este livro ainda? Vou dizer a vocês a capa já é perfeita, mas nem imaginam o conteúdo, só posso dizer leiam: "Amnésia" de @ricardolima.professor.
“Imagino que isso apenas reforce a máxima de que todos temos um lado sombrio e Amnésia vai te ajudar a explorar o seu. Essa obra vai responder àquela pergunta interna que todos fazemos um dia: quão baixo eu desceria?”
Amo além da vida obras epistolares, e este livro se tornou um destes exemplos. Por meio de uma carta nosso narrador e protagonista nos transporta ao seu mundo, não é recomendado para menores de 18 anos, mas é um perfeito e necessário alerta para os pais, se você tem filhos pequenos o leia com urgência. O autor possui uma escrita fluída e envolvente, somos simplesmente incapazes de parar, o protagonista é tão detalhista e tão exato em narrar suas dores, seus traumas, suas inseguranças, seus medos mais profundos que a angústia chega, o choro se torna livre, é tudo tão impactante que a vontade é de sair gritando aos quatro ventos: “acordem sua criança está sendo “transgredida” por um monstro”, a infância dele está minando.
"Nesta história, as pessoas não são nem um pouco indefesas, e farei questão de ser o assassino que você quer que eu seja."
Impossível não desculpar os sentimentos que nosso narrador desenvolve de querer justiça com as próprias mãos, não podemos ser juízes, foi arrancado seu direito de crescer normalmente, não pode aprender sutilmente a lidar com as mudanças tanto do seu corpo como de sua mente, deixaram apenas o espaço para impotência, tristeza, frustação e desprezo. Ninguém, percebeu que era tomada a potencialidade de felicidade, seu crescimento e desenvolvimento feliz foi desraizado por seres inescrupulosos e pederast@s.

Destas dores que sugavam seu ser, sobrou apenas a sede de revanche, por meio de uma lista ele pontua a penalidade de cada um de seus algozes. Ao virar a última página fica a nossa vontade de conhecer o narrador, acalentá-lo e livrá-lo de seu sentimento de impotência e de sua imputada responsabilidade. 

Uma leitura necessária que nos deixa a mensagem: "nenhum ser humano é completamente bom, isso depende de qual lado alimentamos mais."

Livro disponível na Amazon: https://amzn.to/350Caja
Beijocas e inté a próxima!!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo