ULTIMAS POSTAGENS

ELEANOR & GREY - BRITTAINY C. CHERRY

 

"-Te amo, Snickers.
Ele tinha me apelidado com o nome  do chocolate preferido dele, uma demonstração de carinho."
Hello pockets!!
Hoje nós vamos conhecer o lançamento mais recente da autora Brittainy C. Cherry. Ela é conhecida pela série Elementos.

Seus livros são românticos e também com uma boa dose de drama.
Vamos conhecer um pouco da história e minhas impressões sobre este romance.

Título: Eleanor & Grey
Autor: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Ano: 2020
Nº de páginas: 406
Classificação:  4,5

Sinopse: Eleanor é uma adolescente introvertida que prefere a companhia de seus amados livros – e cardigãs com libélulas – a interagir socialmente, sobretudo com os colegas da escola. Quando a prima a arrasta para uma festa, Ellie se surpreende ao ser abordada pelo astro do time de basquete; afinal de contas os dois não têm absolutamente nada em comum. Ou pelo menos era o que ela pensava. Com o tempo, a amizade entre eles surge de forma natural; uma ligação tão forte, tão intensa, que logo se transforma em outro sentimento. Algo que Ellie nunca havia experimentado. Mas aquele sonho se transforma em pesadelo de uma hora para outra. Uma terrível notícia faz o mundo de Eleanor desabar. A única coisa ainda de pé é Greyson, incansavelmente ao seu lado. Mas nem sempre a força do amor é o bastante para deter o curso da vida: Ellie e Grey se veem forçados a se separar. Anos mais tarde, Eleanor pensa ter deixado seu primeiro amor no passado, mas o caminho dos dois volta a se cruzar. Só que, dessa vez, quem precisa de ajuda é Greyson. O problema é que ele já não é mais o garoto doce de suas lembranças. Grey se tornou um homem frio, insensível, e o elo especial que um dia partilharam parece ter se rompido para sempre. Eleanor & Grey é um delicioso romance de tirar o fôlego que agradará fãs de Jojo Moyes, John Green, Nicholas Sparks, Carina Rissi, Shophie Kinsella e Marian Keyes. É impossível não se apaixonar por essa história de amor e amizade escrita pela autora que já encantou incontáveis fãs com seus livros. (Editora Record)

Resenha: Eleanor é uma adolescente de 16 anos apaixonada por Harry Potter, que gosta mesmo é de ficar em casa na companhia de seus pais e livros. Até o dia em que sua mãe insiste para que ela saia um pouco de casa para uma festa com sua prima Shay. Mas é claro que ela não esta afim de socializar ainda mais neste dia, 21 de Junho de 2003.

"Ele agia como se não se lembrasse de que Harry Potter e a Ordem da Fenix havia sido lançado naquele dia. Só o fato de ainda ter coragem de falar sobre qualquer outro assunto que não fossem Harry, Rony e Hermione já era um absurdo." 
Mas até que a festa acaba sendo melhor que o esperado, já que é lá que ela vai conhecer Greyson East, um cara gatíssimo, inteligente, com lindos olhos cinzas que Eleanor nunca imaginou que poderia ser seu amigo.
Mas Greyson não é só o que as pessoas veem, apesar de ser rico e lindo, ele se sente muito sozinho após perder seu avô. O pai nunca tem tempo para ele e a mãe, vitima de um relacionamento abusivo com o pai, passa mais tempo fora de casa casa viajando do que com o filho. A primeira parte do livro que narra o relacionamento dos dois na adolescência é muito bonitinho, Grey é carinhoso, atencioso e vai conquistando a Eleanor e a gente também. Mas um grave problema de saúde com a mãe de Eleanor acaba separando o casal quando ela se muda para longe.  

Neste ponto da história a gente fica de coração partido pois além de perder a mãe para o câncer, ela acaba perdendo o pai para o sofrimento e o amor da sua vida para a distância.

"Você é meu coração. Você é minha obra-prima. De certa forma, sinto que enganei a morte, porque vou continuar vivendo em você., no seu sorriso, na sua risada, no seu coração. Estou presente em tudo isso. Eleanor. Sou eterna por sua causa."
Temos um salto no tempo de 16 anos, Eleanor está em busca de um novo trabalho, e não é que o destino resolve direcioná-la para trabalhar como babá das filhas, Lorelai de 5 anos e a Karla de 14 anos, de seu antigo amor da juventude Greyson East.

Eu gosto muito da personagem da Eleanor, e consegui acreditar em todo o amor que ela distribui pelas páginas, mas confesso que o mesmo não aconteceu com o Grey. Várias vezes na história eu tinha a impressão de que o amor era unilateral. O Grey passa a maior parte da história sofrendo a perda de sua esposa falecida, Nicole, e até mesmo os eventos e a idade das filhas corroboram impressão de que ele não ama a Eli como ela o ama. Pois pela passagem de tempo percebemos que seu envolvimento com a falecida esposa aconteceu pouco tempo depois da separação entre eles. Outra coisa que me incomodou um pouco foi que a autora não explica o que aconteceu com os pais do Grey, eles são simplesmente retirados da trama.. 

"Talvez as pessoas só precisem de alguém que continue presente e disponível para elas nos dias ruins, mesmo quando tentam fazer o possível para manter todo mundo afastado."
Apesar dos pontos mencionados, a historia é muito bonita, pois não acompanhamos apenas o relacionamento entre o casal, mas os diversos relacionamentos entre pais e filhos e todas as situações que podem levar estes relacionamentos a se perderem. A doença e ate mesmo a partida da mãe de Eleanor é tratada com muita delicadeza, e esta parte da historia é muito linda e triste.


Eu gostaria muito de ter acreditado que o amor deles tinha a mesma intensidade e força, mas não consegui. Quantos aos personagens secundários, as filhas acrescentam bastante à trama principalmente a pequena Lorelai (sim o nome dela e inspirado em Gilmore Girls), e fica aqui o meu desejo para que a autora conte um pouco mais da historia entre Shay (prima da Eleanor) e Landon (melhor amigo do Grey) eu adorei este casal.

Acho que a grande lição desta história está neste quote:
"(...) mas não é só porque duas pessoas foram feitas uma pra outra que significa que tudo tem que acontecer nesse exato instante. Às vezes, as melhores histórias de amor são sobre os que têm de esperar."
Agora me conta aí, você já leu algum livro desta autora?
Gosta de romances em que o casal leva bastante tempo para ficar junto??

Beijos,
Até a próxima.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo