ULTIMAS POSTAGENS

CLUBE DOS CINCO X UM DE NÓS ESTÁ MENTINDO


No mês de Junho realizamos a leitura coletiva do livro "Um de nós esta mentindo" resenha aqui
Depois de terminarmos a leitura eu percebi que apesar de um pouco previsível e seguir uma formula esta historia conseguiu me surpreender.
Vi muitos comentários na internet que associam a trama do livro ao filme da década de 80 conhecido no Brasil como "Clube dos cinco".
E você já conhece este filme? 
Se não, vem comigo para a gente conhecer e comparar com o livro.

TITULO ORIGINAL: The Breakfast Club
DISTRIBUIDOR: Universal Pictures do Brasil
LANÇAMENTO: 28 de junho de 1985
DURAÇÃO:  (1h 37min)
DIREÇÃO: John Hughes
ELENCO: Emilio Estevez, Anthony Michael Hall, Paul Gleason Molly Ringwald, Judd Nelson, Ally Sheedy
GÊNERO: Comédia dramática
NACIONALIDADE: EUA



A  história se inicia quando cinco adolescente do ensino médio que cometeram pequenos delitos começam a chegar na escola, acompanhados por seus pais, para cumprir detenção  no sábado ( até ai está bem parecido) e escrever uma redação sobre o que pensam sobre si mesmos.
Cada um deles foi enviado para lá por um motivo, claramente pertencem a grupos diferentes na escola e os esteriótipos, assim como o livro, são bem claros.
John Bender (Judd Nelson): O delinquente ou Bad Boy, ele é terrivelmente irritante no inicio da trama provocador e sarcástico. Ele critica e ridiculariza todos os outros personagens, mas talvez seja o que tem mais problemas em casa ( ok lembra muito o Nate).
Brian Johnson (Anthony Michael Hal): O nerd, em um primeiro momento a gente nem entende porque ele esta na detenção, porem a medida em que os personagens vão interagindo e contado suas historias ficamos bem solidários com ele. Sua motivação é bem parecida com a da nossa Bronwyn. A cobrança para que eles sejam sempre os melhores.
Claire Standish (Molly Ringwald): A princesinha ou patricinha é a personagem mais superficial no inicio da historia. Os motivos que a levaram a detenção são tremendamente fúteis e ela reclama por não achar justo. Qualquer semelhança com a Addy é mera coincidência ou não
Andrew Clark (Emilio Estevez): O atleta, está sempre buscando conseguir a aprovação do pai e acaba se metendo em uma brincadeira de mal gosto que o leva a detenção para provar seu valor, (confesso que me lembrou Cooper apesar de ser de um esporte diferente.
Por ultimo temos no núcleo principal...
Allison Reynolds (Ally Sheedy): Um caso perdido ou pária social do colégio. Ela é a personagem mais estranha deste grupo pois inicialmente ela não fala nada, tem um comportamento bem "louco", ninguém sabe porque ela esta na detenção, (algumas semelhanças com Simon).

“Todos nós somos bem bizarros. Alguns de nós apenas são melhores escondendo, só isso.”

Agora que vocês já conhecem todos os personagens principais deste filme eu vou as minhas considerações. Este modelo de grupo já foi apresentado em vários filmes como por exemplo: As Vantagens de Ser Invisível, Ghost Graduation, Jumanji 2. Claro que a abordagem é sempre um  pouco diferente. 
Já sabemos um pouco o que esperar depois de ver esta formula ser utilizada tantas vezes. Mas, assim como no livro, a busca por mostrar  que as pessoas não são exatamente o que parecem foi o que me chamou mais atenção. Este desejo de atender as expectativas dos nossos pais e ao mesmo tempo não ser como eles.
Eu á tinha visto este filme a muitos anos atrás e ele passou no teste dos 15 anos rsrsrs.

Quem gosta de filmes já deve ter ouvido falar deste teste que consiste em reassistir um filme depois de 15 anos de seu lançamento e ver se ele continua bom.  

Se você ainda não assistiu a este filme eu super recomendo. Ele esta disponível na Netflix e também pode facilmente ser encontrado na internet.
CURIOSIDADES:
- Este filme foi pioneiro em lançar o formato da turma, com pessoas de vários grupos diferentes
- Originalmente o título seria "A turma do almoço", mas por influência de uma amiga do diretor John Hughes que trabalhava em uma escola que tinha uma sessão para alunos de castigo chamada "O clube do café da manhã" o nome acabou mudando.
- Antes de acharem Judd Nelson, Nicolas Cage foi cogitado para o papel de Bender.
- O diretor John Hughes fez o papel do pai do Brian, que o busca na escola no fim do filme.
- O figurino da personagem Alisson teve de ser feito a mão, pois a figurinista queria algo preto e na década de 80 isto foi um problema já que o colorido estava em alta.
- O esporte praticado pelo personagem inicialmente deveria ser o futebol mas teve de ser alterado para lutador devido a sua estatura e porte físico.
- O roteiro do filme foi feito em apenas dois dias por John Hughes.  
- A cena em que os cinco sentam em circulo no chão da biblioteca e contam os motivos da detenção não estava no roteiro e as falas foram improvisadas.
 
Ilustração - James Lancett_Breakfast Club_01
Este é um daqueles filmes que marcaram sua época e pelo que parece continuam influenciando o cinema e a literatura até os dias de hoje.
Beijos e até a próxima...







Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo