ULTIMAS POSTAGENS

CONSCIÊNCIA NEGRA - INDICAÇÃO DE LIVROS

Boa Tarde, Amores.
Fonte: Google Imagens
Hoje vim apresentar algumas leituras, onde temos personagens negros como protagonistas, em "comemoração" a consciência negra.
O tema foi sugerido pela amiga Jussara Ferreira, e decidi embarcar nessa, porque tenho muito orgulho de ser descendente de negros, embora minha pele tenha menos melanina, e seja considerada parda ou morena, mas tenho meu cabelo enrolado ou crespo como chamam, e tenho muito orgulho dele. 
Conforme  o site Terra o dia da Consciência Negra, é comemorada nacionalmente no dia 20 de novembro. Essa data é para lembrar o Negro Zumbi, que era líder do Quilombo dos Palmares, que foi assassinado por tropas Colonias em 1695, essa representação ganhou força a partir de 1978, quando surgiu o Movimento Unificado no Pais, que transformou a data em nacional. 
Fonte: Pintura retrata o herói nacional Zumbi dos Palmares. Terra, 2013.
Segundo Queiroz (2011), historiadora da Fundação Cultural Palmares, diz que "a data é uma forma encontrada pela população negra para homenagear o líder na época dos quilombos, fortalecendo assim os mitos e referências históricas da cultura e trajetória negra no Brasil."
Além de lembrar de Zumbi, líder e considerado herói nacional, também é a conscientização contra o RACISMO, e nesse dia é realizado diversas atividades.
Estamos em pleno século XXI, mas por incrível que pareça, ainda vemos muitos casos de racismo, onde o negro sofre preconceito por causa de sua cor.
E é algo que vemos também na literatura, são poucos os livros que tem na capa ou personagens principais que são negros, então para lembrar está data importante para nós brasileiros, que somos um mistura, apresento alguns livros que conheço e alguns lido que tem personagens negros em destaque, são eles:


Fonte: Skoob
Sinopse: Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito


Juntando os pedaços da autora Jennifer Niven, retrata Libby uma personagem gorda e negra que enfrenta a volta a escola, depois de ser apresentada ao mundo como a adolescente mais gorda do país, mas a mesma dar uma reviravolta ao mostrar seu empoderamento. 


Fonte: Skoob
Sinopse:"Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre."


Já no livro Tudo e todas as coisas da autora Nicola Yoon, temos uma personagem que no inicio se mostra frágil, mas que ao descobri o primeiro amor, acaba criando coragem para embarcar numa aventura e descobrindo algumas verdades escondidas dela. 


Fonte: Skoob
Sinopse: Valdar é um mundo vasto e antigo, um universo habitado por povos profundamente diferentes entre si, que, ao longo dos séculos, foi sendo delineado pela beleza de suas civilizações e pela terrível e ancestral violência de suas guerras. Nessa impetuosa mistura de destinos de Valdar, a vida do jovem soberano Manatasi parece transcorrer ao largo dos grandes eventos que forjam a história do lugar. Porém, tudo está a ponto de mudar. A conclusão da construção de Kemyss, a babélica cidade da esperança, faz com que o Príncipe inicie uma jornada rumo aos majestosos muros da cidade, e, assim, dará início a uma grande viagem de descoberta. Manatasi deixa para trás suas florestas junto a Sirasa, fiel xamã de espírito irrequieto, e passará por aventuras e batalhas durante seu caminho. O Rei Negro é, ao mesmo tempo, uma saga fantástica tradicional, impulsionada pela força magnética e irrefreável de seu protagonista – primeiro herói negro do universo fantástico –, bem como um desafio literário novo.

Esse livro ainda não li, mas realizei a pesquisa para esse post, e fiquei encantada com a sinopse, entrou para minha lista infinita. rsrs


Fonte: Skoob
Sinopse: Dois irmãos, ligados por algo maior que o laço de sangue, lutam para evitar um destino brutal. Trez "Latimer" não existe de fato. E não só porque essa identidade foi criada para que o Sombra pudesse viver no mundo humano. Trez fugiu de sua prisão no palácio dos Sombras há anos, e agora vive em Caldwell como cafetão, sempre tentando evitar seu fatal destino como escravo sexual da rainha. Ele nunca teve em quem confiar de verdade... a não ser no irmão, iAm.  O único objetivo de iAm sempre foi impedir que o irmão de autodestruísse, e ele sabe que fracassou nisso. Só depois que Selena, uma Escolhida, entra na vida de Trez, é que o macho começa a dar a volta por cima; porém, é tarde demais. Chegou a hora de cumprir a profecia de se compromissar com a filha da rainha, e Trez não poderá fugir ou se esconder, e não há como negociar. Encurralado entre o desejo de seu coração e um destino que nunca aceitou, Trez deve decidir se põe a si mesmo e aos outros em perigo, ou se esquece para sempre a fêmea amada. Após uma tragédia inimaginável, da beira do seu abismo emocional, Trez precisará encontrar um motivo para continuar ou se arriscará a perder tudo, inclusive a alma. Será que iAm, em nome do amor fraterno, aceitará realizar um derradeiro sacrifico em lugar do irmão?

Ahh essa série de livros, que eu amo muito, embora ainda falte ler esse livro, conheço bem os dois personagens desse livro, devido os livros anteriores, o qual o dois aparece e temos uma visão de como eles são, onde a união da família, vem em primeiro lugar.


Fonte: Skoob

Sinopse: Filho de um dos quatro deuses de Kurgala, Adapak vive com o pai em sua ilha sagrada, afastada e adorada pelas diferentes espécies do mundo. Lá, o jovem de pele absolutamente negra e olhos brancos cresceu com todo o conhecimento divino a seu dispor, mas consciente de que nunca poderia deixar sua morada.Ao completar dezenove anos, no entanto, isso muda.

Testemunhando a ilha ser invadida por um misterioso grupo de assassinos, Adapak se vê forçado a fugir pela vida e se expor aos olhos do mundo pela primeira vez, aplicando seus conhecimentos e uma exótica técnica de combate na busca pela identidade daqueles que desejam a morte dos Deuses de Kurgala.



Esse livro tem uma história interessante, embora seja um pouco confuso no inicio de entende-lo, mas é um mundo novo que foi criado pelo autor nacional Affonso Solano, e que vale a pena ler.


Fonte: Skoob
Sinopse: "Luíza é uma advogada bem-sucedida que busca crescer mais a cada dia, sem abandonar seu principal objetivo: ajudar pessoas.
Ela sabe o quanto precisou lutar para conquistar sua posição e valoriza muito sua vida profissional.André é um paisagista apaixonado pela natureza e pela vida.Apesar das mágoas causadas por um casamento fracassado, ele ainda acredita que o amor está por aí, esperando para germinar, como as sementes de suas flores.
Luíza se fechou para o amor.André tem o amor na ponta dos dedos.Quando seus caminhos se cruzam, cabe a Luíza escolher se deve se abrir e a André aceitar ou não a proposta que vai mudar a vida de ambos para sempre.Mas antes ele precisa decidir até que ponto iria para salvar sua família.'Em suas mãos' conta a história de um amor improvável e ao mesmo tempo destinado a acontecer."


Esse é um conto da autora nacional Bianca Briones, é pequeno então dar para ler em algumas horas, mas tem uma história linda, onde duas pessoas tenta abrir o coração para o amor. E o interessante dessa história, é que a Luíza, mesmo sendo negra, não mostrar esse lado de preconceito, mas sim sua luta por se tornar uma advogada cada dia melhor.

Então galera é isso, que tinha para mostrar para vocês hoje, espero que tenham gostado das dicas e que nesse dia da consciência negra, possamos ver que somos todos iguais. 
E ai vocês já leram ou conhece algum livro que tenha algum personagem negro, me indica aí.

Beijos e até mais!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo