ULTIMAS POSTAGENS

OUTUBRO ROSA - CÂNCER DE MAMA


Oi leitores, hoje eu resolvi passar por aqui para falar um pouquinho mais sobre o Outubro Rosa.
Engraçado porque a muitos anos atrás eu até ganhei uma camisa que eu amava para apoiar esta campanha, mas para ser bem sincera o motivo maior era porque eu amava a logo da campanha.
Era "Câncer de mama no alvo da moda", na época eu não dava muita importância para as outras informações que giravam em torno da camiseta. Porém, como leitora que sou, lembro que ela vinha acompanhada de um folheto com gravuras que explicavam como fazer o auto exame. 
Li olhei as gravuras e fiz, acreditem, pela primeira vez meu auto exame.


O tempo passou usei muitas e muitas vezes a camiseta sem nunca mais me lembrar do auto exame.
Certo dia após ter perdido o meu primeiro filho ao nascer, época sombria da minha vida, em casa sem ter nada para fazer e alguns meses após o parto me lembrei do auto exame que servia para identificar caroços ou anomalias nos seios. Não lembro o que me despertou a fazer novamente o auto exame, mas uma mente triste sempre lembra de coisas que podem deixar você ainda mais triste.
Estava sozinha me deitei na cama coloquei um dos braços atrás da cabeça, aquela posição que a gente já viu milhares de vezes em imagens por ai, apalpei o primeiro seio, tudo ok. Comecei a realizar o exame na segunda mama, e ai encontro um caroço.
Eu parei na hora o exame, sabe aquele pensamento tem coisas que é melhor não saber. Foi a primeira coisa que me ocorreu.
Que era coisa da minha cabeça, mas não conseguia tirar  aquilo da minha mente. Eu fiquei tão arrasada que não dividi minha dúvida nem mesmo com meu esposo. Alguns dias se passaram, todos os dias eu colocava a mão e lá estava ele no mesmo lugar, como se estivesse esperando eu descobri-lo.

Algumas pessoas não entendem, mas acredito que só mesmo nós, as mulheres, entendemos como os seis definem nossa feminilidade. Com eles despertamos o desejo dos nossos parceiros, provocamos suspiros com nossos decotes, alimentamos não só como leite materno, mas com amor liquido nosso filhos.

Foram vários dias em angustia, mas eu não sou nada paciente se é para saber melhor que seja de alguém confiável.

Marquei com minha ginecologista uma consulta. Sentei no consultório e comecei a contar o que havia me acontecido, chorei, claro que sim! E muito.
Quando me acalmei ela falou que queria fazer o exame de toque para saber exatamente do que eu estava falando. Teve uma paciência incrível para me acalmar e me examinar.
Quando acabou... me falou que não era o que eu estava pensando, que tratava-se na realidade e uma glândula mamaria que devido a ter que fazer contenção após a perda do bebe havia inflamado e por isso apareceu aquele caroço.

Pensa numa pessoa aliviada... eu não sirvo de exemplo porque só alivio não descreve. 
Sai do consultório e contei para meu esposo e mãe o que eu havia passado nos ultimos dias.

O meu caso teve um final feliz, graças a Deus, mas eu sei que muitas mulheres não tiveram a mesma sorte que eu, que não procuram médico ao primeiro sinal de algo estranho, que tem vergonha e medo, como eu também senti.



Alguns dados sobre o câncer de mama:
  • A história do Outubro Rosa começou nos Estados Unidos, com uma organização chamada Fundação Susan G. Komen for the Cure. Em 1990, em Nova Iorque, foi realizada a primeira Corrida pela Cura, nesta corrida foram distribuídos os laços rosas que passaram a ser o simbolo da campanha;
  • O câncer de mama é o tipo mais comum, 25% dos casos de câncer em mulher no mundo, e o que mata mais mulheres em todo o mundo.
  • É o segundo tipo de tumor malíguino mais incidente entre as brasileiras;
  • Não apresenta sintomas em sua faze inicial, portanto é muito difícil identifica-la precocemente;
  • Praticar o auto exame regularmente e fazer mamografia entre os 50 e 69 a cada dois anos pode ajudar a detectar precocemente a doença;
  • 51,3% dos casos ocorrem no Sudeste do pais.
  • 14 mil mulheres morreram de cancr de mama no Brasil em 2013;
  • quanto mais cedo o câncer é descoberto, mais altas são as taxas de sucesso no tratamento;
  • 66% dos casos são descobertos pelas próprias pacientes.
  • Excesso de gordura abdominal aumenta em 74% o risco de câncer de mama;
  • A lei 12.732 de 2012 determina que o tratamento contra o câncer no Sistema Único de Saúde (SUS) deve começar ate 60 dias após o diagnostico. Esta determinação vale todos os tipos de câncer.
No Brasil a primeira imagem foi feita por Carolina Ferraz, em 1995, para uma das ações publicitarias  que marcou o lançamento da Campanha.

Quer conhecer mais sobre o projeto no Brasil e só clicar aqui.

Então a dica é o seguinte fique de olho sempre e não somente durante o Outubro Rosa.
Faça regularmente o auto exame.
Se perceber algo diferente procure seu médico.






Big Beijo!!!!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo