ULTIMAS POSTAGENS

RESENHA - 9 NOVEMBRO


Título: 9 NOVEMBRO
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2016
Páginas: 352

Sinopse:  Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos? (Fonte Skoob)

Resenha: Um acidente pode trazer inúmeras consequências a quem estiver envolvido, mas no caso de Fallon, envolveu bem mais que marcas em seu corpo; bem mais do que as cicatrizes pelo lado esquerdo do seu corpo podia dizer… envolvia também marcas interiores.

Aos 16 anos Fallon era a atriz principal de uma série de TV. Estava começando a trilhar seu caminho como atriz quando um incêndio na casa de seu pai Donovan, queimou 30% de seu corpo, por pouco não tirou sua vida , mas sua carreira de atriz estava encerrada.

O livro se inicia com o encontro de Fallon com o pai, Donovan , em um restaurante. Ali Fallon relembrava o segundo ano após o incêndio e também informava ao pai que iria se mudar para Nova York.

As cicatrizes do incêndio que eram vistas em seu corpo, eram ainda mais evidentes em seu interior, cicatrizes essas que eram por causa do pouco caso que o pai aparentava fazer do incidente, principalmente por nem se lembrar da data. Data essa que Fallon ainda não havia superado , ainda mais pelo fato de a culpa ,até então, pelo incêndio ser dele.

Por causa da sua insegurança com o próprio corpo, marcado pelo incêndio, Fallon era uma pessoa com baixa auto-estima, que se preocupava com o que as pessoas viriam nela e como iriam reagir. Nisso optou por encobrir o máximo possível de suas cicatrizes, optando por evitar o olhar, a piedade e o julgamento alheio de seu corpo.

“Você nunca vai conseguir se encontar se estiver perdida em outra pessoa”

Mas por um capricho do destino (ou não ) ela conhece Ben, durante o encontro com seu pai. Ben é um jovem estudante, aspirante a escritor que estava sentado na mesa atrás da de Fallon e Donovan, e diante da postura de Donovan durante a conversa ,decide intervir em favor de Fallon.

A partir daí acontece o que ,pra mim, é um dos pontos fortes da autora, ela trata da questão da estética. Ben ao olhar para Fallon não a vê apenas pelo seu exterior. Há uma ligação além do que se pode ver. Ele a olha e a respeita com base numa ligação instantânea e muito maior do que qualquer desejo visual.

Os dois passam o dia juntos tentando se conhecer, mas Fallon estava se despedindo da cidade, iria partir no dia seguinte. Daí a história se desenrola   e os dois fazem um trato para que possam se ver na mesma data do próximo ano: Fallon teria que ir atrás de seus sonhos e Ben teria que escrever um livro sobre a história dos dois, baseado no que eles iriam viver.




 “Porque é facil se apaixonar Ben. A parte dificil vem quando você quer cair fora."

Daí por diante o 9 de Novembro , que para Fallon era relembrado pelo incêndio, se tornou no dia onde eles poderiam continuar de onde pararam no ano anterior. Fizeram um acordo de se encontrar durante 5 anos no mesmo dia e aí veriam se realmente era para ficarem juntos.

Mas durante este tempo acontecem algumas intempéries que tornam as coisas não tão fáceis como os dois imaginavam. Verdades secretas, acontecimentos traumáticos que podem mudar o rumo da história, deixando em aberto o “final feliz”.


A história é muito boa e Colleen Hoover escreve de uma maneira bem fácil e vai te instigando a continuar a cada página.
    

Eu gostei muito da história Colleen me surpreendeu tanto na escrita quanto no desenvolvimento da história. O modo como ela vai escrevendo te coloca de frente com tudo o que está acontecendo, como se você estivesse fisicamente no local.

Essa é minha primeira leitura de uma obra de Colleen Hoover, uma experiência que valeu muito a pena e que com certeza vai me fazer buscar conhecer outros de seus trabalhos.

Até a proxima...















Esta postagem é a contribuição de uma amigo que esta se aventurando como escritor além de leitor. Quem sabe no futuro possamos conhecer um pouco mais da sua escrita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo