ULTIMAS POSTAGENS

DESAFIO LITERÁRIO - ABRIL

Foto autoral

Olá Pockets!!
Enfim abril né? E estou torcendo para que seja um mês iluminado, onde teremos boas noticias. E para começar o mês, vamos para mais um desafio do Pocket. Consegui ler todos os livros que havia separado para o desafio de março, mesmo tendo perdido um pouco o foco no início do mês por causa dos últimos acontecimentos, Corona vírus.

Esse mês pretendo ler os três do desafio, além dos da leitura coletiva que teremos e claro tentar finalmente concluir o meu #BingoLiterárioSLCP. E vamos conhecer meus escolhidos encalhados na estante (rsrs)


Foto autoral
* Livro com o autor/título iniciado com a letra G: Somos Guerreiras - Glennon Doyle Melton
Eu queria ter lido este livro no mês de março, meu objetivo era ler dois livros para celebrar o mês das mulheres, mas como não consegui, ele encaixou como uma luva neste desafio de abril. Este já está na minha estante desde Julho/19, eu o comprei em uma super promoção e paguei bem baratinho por ele. Sua historia trata a vida da própria autora que muitas vezes ignorou problemas desde a infância, acho que vai dar para aprender muito com ela sobre mim mesma. 



* Livro com autor iniciado com a letra H: Romance Tóxico - Hearther Demetrios
Foto Autoral

Este livro eu ganhei ano passado de presente de aniversário de uma amiga querida do Clube do Livro de Neves. Este não está a tanto tempo assim na estante já que foi em Setembro do ano passado. Eu me lembro que quando ganhei ele estava rolando, ainda, um super hype em volta do livro, muita gente discutindo sobre os livros que abordavam relacionamentos abusivos e como eles viam sendo tratados na literatura de forma romântica. Eu particularmente sou contra a romantização dos relacionamentos tóxicos e por isso minha vontade de ler o livro esta bem alta. Além disso ele veio com algumas marcações feita pela amiga que me deu e deixa ele ainda mais especial.


Foto Autoral
* Livro infantil ou com personagem ainda criança ( 18 de abril - dia Nacional do Livro Infantil): O menino da Lista de Schindler

Por mais coincidência que pareça, e foi mesmo, eu escolhi outro livro que ganhei no ano passado de presente de aniversário. Desta vez um presente da Pocket Evelyn. Já estou preparando meu coração para sofrer pois sei que deve ser uma historia bem triste. Vamos mais uma vez a um livro que é a historia do próprio autor, mais uma coincidência acreditem, desta vez uma historia que se passa durante o holocausto. O garoto de 10 anos Leon Leysson o sobrevivente mais jovem da lista de Schindler. Que por sinal tem uma adaptação (filme) sobre a lista que é lindo e triste na mesma proporção.

Mas nós não vamos parar por aí, pois este mês teremos a segunda leitura coletiva do projeto #EuLeioNacionaisCP e vamos ler a distopia da autora Melissa de Sá. Já estamos com todos os preparativos prontos para esta leitura, vocês estão convidados e ler com conosco.
Foto autoral

Distopia: Demonstração hipotética de uma sociedade futura, definida por circunstâncias de vida intoleráveis, que busca analisar de maneira crítica as características da sociedade atual, além de ridicularizar utopias, chamando atenção para seus males.[Literatura] Obra literária que descreve uma sociedade hipotética e autoritária.

Teremos a participação da autora nos debates, e ainda vai sair aqui no blog um post para você conhecer mais da autora e suas obras.


Foto autoral
No projeto #LendoAgathaChristie vamos ler este mês o livro Assassinato no expresso Oriente que também já foi adaptado para filme, e eu por sinal só não assisti ainda por querer ler o livro antes de ver o filme. Esta minha edição vem com a Dust-jacket do filme, mas por dentro é aquela edição da Harper Collins que saiu em formato de box e capa dura.

Dust jacket: traduzido do inglês - A sobrecapa de um livro é a capa destacável, geralmente feita de papel e impressa com texto e ilustrações. Esta capa externa possui abas dobradas que a seguram nas capas dos livros da rente e de trás. .  
Pretendo ler ainda o livro Verity - Colleen Hoovver que recebemos da nossa parceria coo Grupo Editorial Record, e vai ter resenha dele aqui no blog e também no instagram. Como ainda não tivemos a votação para escolha do livro da #SociedadeLiterariaCP ainda não dá para saber qual livro vamos ler por lá, mas as leituras coletivas lá são sempre ótimas independente do livro.

Foto autoral
Sinopse: O amor é capaz de superar a pior das verdades?
Verity Crawford é a autora best-seller por trás de uma série de sucesso. Ela está no auge de sua carreira, aclamada pela crítica e pelo público, no entanto, um súbito e terrível acidente acaba interrompendo suas atividades, deixando-a sem condições de concluir a história… E é nessa complexa circunstância que surge Lowen Ashleigh, uma escritora à beira da falência convidada a escrever, sob um pseudônimo, os três livros restantes da já consolidada série.

Para que consiga entender melhor o processo criativo de Verity com relação aos livros publicados e, ainda, tentar descobrir seus possíveis planos para os próximos, Lowen decide passar alguns dias na casa dos Crawford, imersa no caótico escritório de Verity – e, lá, encontra uma espécie de autobiografia onde a escritora narra os fatos acontecidos desde o dia em que conhece Jeremy, seu marido, até os instantes imediatamente anteriores a seu acidente – incluindo sua perspectiva sobre as tragédias ocorridas às filhas do casal.

Quanto mais o tempo passa, mais Lowen se percebe envolvida em uma confusa rede de mentiras e segredos, e, lentamente, adquire sua própria posição no jogo psicológico que rodeia aquela casa. Emocional e fisicamente atraída por Jeremy, ela precisa decidir: expor uma versão que nem ele conhece sobre a própria esposa ou manter o sigilo dos escritos de Verity? (Record)



E você já separou a sua #TBR de abril?

Gosta de participar de Leitura Coletiva?
E não se esqueça, se participar de algum dos nossos desafios use a #DesafioLiterario2020CP para eu encontrar e curtir suas leituras.
Beijos e até a próxima...




Um comentário:

  1. Oi Ju!
    Não fiz estou participando do desafio esse mês, mas tenho algumas leituras do mês passado que não consegui terminar e estou em um desafio pessoal de escrita.

    ResponderExcluir

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo