ULTIMAS POSTAGENS

A CASA DO PENHASCO - AGATHA CHRISTIE


Oi pockets!!!
Como já falamos por aqui temos um projeto de leitura da obra completa de uma das escritoras mais incríveis e conhecidas, a rainha do crime Agatha Christie.

O ultimo livro lido neste projeto no ano de 2019 foi o conto "A casa do penhasco", e vai ser ele também a primeira resenha do nosso quadro "Pocket Literária Investiga"



Titulo: A casa do penhasco
Autora: Agatha Christie
Editora: L&PM Editores
Ano:1932/2011
Nº de paginas: 191

Sinopse: Uma semana de férias no ensolarado litoral da Cornualha... Esse parecia ser o cenário perfeito para coroar o fim da brilhante carreira do detetive Poirot, ao lado de seu inseparável companheiro, o capitão Hastings. No entanto, o clima de tranquilidade é quebrado quando eles conhecem a srta. Buckley, uma jovem de ar rebelde e herdeira da Casa do Penhasco, que diz ter escapado da morte diversas vezes nos últimos dias. Seriam meros acidentes? Ou haveria alguma explicação sinistra por trás disso? Empolgado, Poirot decide abandonar os planos de aposentadoria e volta à ativa para mais um intrigante caso que testará todas as suas habilidades. (Skoob)

Confesso que não consegui ler todos os meses mas todos os que li foram muito bons, e com a A casa do penhasco não foi diferente.

Resenha: O conto original é de 1932, e este nos apresenta uma personagem um pouco diferentes das mulheres desta época. Magdala "Nick Buckley" é uma jovem independente que mora sozinha em uma antiga casa "A casa do penhasco" que herdou de seu avó depois de várias mortes prematura na família. 
Hercule Poirot e o Capitão Arthur Hastings estão hospedado no hotel Majestic curtindo férias, e supostamente aposentadoria do investigador belga quando, de forma meio que por acaso, se deparam com a senhorita Nick Buckley. Curiosamente descobrem que a jovem já havia escapado de três "acidentes" quase fatais e o quarto e presenciado por Poirot, quando ele percebe que o que a jovem achou ser uma vespa na realidade era um tiro.


A jovem está sempre cercada de alguns amigos todos muito suspeitos, apesar de não ter uma grande e cobiçada fortuna, é sempre muito espirituosa, independente o que acaba encantando nosso investigador que resolve descobrir o porque das tentativas de assassinato.
A escritora sempre me surpreende em seus livros pois acabo me sentindo o próprio capitão Hastings, nunca, ou quase nunca, descubro quem é o verdadeiro assassino, mas este livro acabou por apresentar um Poirot que também era incapaz de descobrir quem era o verdadeiro assassino.
imagem do Google
Gostei muito de outros aspectos da historia como por exemplo o noivo secreto de Nick Buckley, o aviador Michael Seton, que é inspirado em uma aviadora, Amy Jonhson, primeira mulher a ir de avião da Grã_Bretanha a Alemanha em 1930. A amiga da personagem central, Frederica "Freddie" Rice, além de ser uma mulher separada tem problemas com o vicio em cocaína.

Ver estas características da sociedade mostradas em 1930, além é claro da frustração do nosso bigodudo em não conseguir resolver rapidamente o mistério, e diálogos engraçados, tornou esta uma leitura muito gostosa. O final eu confesso que não chegou a me surpreender pois havia pensado na possibilidade, mas como ja fui enganada varias vezes achei que não seria isso rsrsrs.


"O mal nunca passa impune, monsieur. Mas nem sempre essa punição é evidente."

O livro se tornou um episodio da segunda temporada "Agatha Christies's Poirot" lançado em 1990, e teve a atriz Polly Walker interpretando o papel de Nick.

Imagem do episódio de 1990 - ao centro a atriz Polly Walker
"É claro que existem riscos, mas a própria vida é um grande risco." 

Espero poder ler todos os próximos livros deste projeto, e te convido a ler com a gente e surpreender também com esta genial autora.

Beijos e até a próxima!
#PocketLiterariaInvestiga





8 comentários:

  1. Ela é mesmo uma rainha.
    Excelente texto pessoal.

    ResponderExcluir
  2. Me deixou curiosa, vou ler esse livro em fevereiro, pois já estou com mais de quatro agora pra janeiro rsrs 😊
    Sempre ouvi falar que era uma ótima autora, mas não sabia o tema que abordava. Amo um mistério, então...

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju,
    Parabéns pelo texto, ficou ótimo. E esse livro é bem legal, essa fui enganada. Não suspeitei dessa vez do verdadeiro criminoso. rsrs
    Parabéns que venha mais Agatha em 2020.

    ResponderExcluir
  4. Excelente o post! Eu pulei a leitura da Casa do Penhasco para ler Os Treze Problemas,alcançando assim o Grupo de Leitura Coletiva. Mas o post nos deixa com água na boca!

    ResponderExcluir
  5. Adoro a Aghata,ando relendo alguns,tomara chegar a este,pela resenha deve trata-se de uma bela história.
    Amei o blog, voltarei aqui para ver outras publicações!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Mari você oi a Ganhadora do comentários premiado e ganhou marcador artesanal + Kit de Marcadores. Entre em contato para receber seu premio!!!!

      Excluir
  6. Esse eu não li. Meu favorito foi Assassinato na casa do pastor.

    ResponderExcluir
  7. Excelente resenha gostei bastante deu vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo