ULTIMAS POSTAGENS

ESTÁ ACONTECENDO DE NOVO?

CAPA REVISTA TIME
Eu vi crianças chorando por serem separadas dos pais!
Eu vi soldados rindo da situação de desespero das crianças!
Eu vi crianças desamparadas, tristes, abandonadas!
Eu vi crianças cercadas por grades!
Eu vi crianças jogadas em jaulas!

Não, não foi no nazismo de Adolf Hitler, nem no fascismo de Benito Mussolini, mas sim em pleno século 21, nos Estados Unidos da América de Donald Trump. O País da liberdade, das oportunidades, do futuro promissor. E não me venham dizer que estou exagerando, que não entendi direito a situação. Não há o que entender, são crianças chorando longe dos pais, é incompreensível, é desumano.
Querem nos fazer acreditar que é um processo normal, de ajustes. Não, não é normal! Nos ajustamos roupas, máquinas, carros, pessoas não, crianças não.
É assim que eles querem nos manipular, coloca em suas entrevistas montadas por seus assessores que tudo é fruto de factóides, que a mídia e a oposição estão exagerando, que estas atitudes são necessárias para um bem maior, que no futuro entenderemos melhor a situação. Todos eles começam assim.
A ditadura nas Américas foi assim!
A ditadura no Brasil foi assim!
O nazismo e o fascismo se colocaram como a salvação!
Todos eles cometeram crimes em nome de um bem maior da sociedade. Deixaram filhos órfãos, pais sem seus filhos, famílias sem seus entes queridos, esposas esperando seus maridos, sem velório até hoje.
Os imigrantes saem de suas respectivas nacionalidades atrás de oportunidades melhores para seus filhos, de segurança. Crianças inocentes que não compreendem este contexto só querem estar ao lado dos seus pais, se divertirem, comerem, sorrirem, dormir em paz e acordar ao lado de quem confiam como pais e mães.
Não presenciei a segunda guerra mundial, não convivi com a ditadura brasileira e nem sulmericana, mas sei o quanto de pessoas morreram e foram sacrificadas para que tivéssemos um mundo mais humano, mais tranqüilo, mais bonito.
E só é possível viver esta paz em sociedade com democracia, com liberdade, amor ao próximo, respeito à dignidade humana, com educação, cultura de qualidades para crianças e jovens.
Eu vi e não quis acreditar!
Eu vi e me lembrei do holocausto!
Eu vi e chorei!
Eu vi e doeu muito!
Estão matando nossos jovens e crianças, eu vi!
Por favor, não deixem nossas crianças e jovens morrerem e sofrerem em mãos inescrupulosas, insensíveis, desumanas!
Não ache normal!
Se indignem!
Não se calem!
Nenhum ser humano é ilegal!
Somos todos imigrantes querendo ir para algum lugar, buscando um destino.
Ame teu próximo, ame incondicionalmente!
Eduque as crianças e jovens para que sejamos mais humanos, mais sensíveis a realidade de cada um.
Eu vi! Eu vi e não vou me calar!

Aqui vão algumas musicas que remetem a esta situação:

·   A Canção do Senhor da Guerra
Legião Urbana
·   Era um Garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones
Engenheiros do Hawaii
·   Sunday Bloody Sunday
U2


Livros que nos ajudam a entender melhor:


· Filmes:

·   A Lista de Schindler de 1983
Direção de Steven Spielberg
Em 2007 Thomas Keneally publica um livro baseado na história

O Menino do Pijama listrado de 2008
Direção de Mark Herman
Em 2014 John Boyne publica o livro
·        
    Em nome do pai de 1994
Direção Jim Sheridan


Educação e leitura assim se constrói um país.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cultura Pocket - desde 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Linezzer Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo